Investigação interna motivou a renúncia de Bill Gates na Microsoft
Créditos: Reprodução / Bill Gates

Investigação interna motivou a renúncia de Bill Gates na Microsoft

Membros do conselho da empresa pediram a renúncia do bilionário após caso de relação extraconjugal com funcionária

Ano passado Bill Gates renunciou do seu cargo de membro do conselho da Microsoft, na época o motivo dado era que o fundador da empresa iria focar em seus projetos filantrópicos. Porém, segundo uma reportagem do The Wall Street Journal, a saída do bilionário aconteceu por causa do bilionário ter se tornado alvo de uma investigação interna por ter relações extraconjugais com uma funcionária.

14/05/2021 às 15:32
Notícia

Windows 10 build 21382 melhora suporte para HDR em aplicativo...

Este build também introduz novos modos de exibição no Gerenciador de Dispositivos

Segundo a reportagem do WSJ, essa relação foi descoberta após a engenheira da Microsoft alegar, através de uma carta, que manteve relações com Gates por anos. Após isso, o conselho da empresa contratou um escritório de advocacia em 2019 para fazer a investigação do caso. 

Com o início das investigações alguns membros do conselho da Microsoft não gostaram do fato do bilionário se manter como diretor da empresa, considerando que não era mais adequado a manutenção dele. Isso fez com que Bill Gates renunciasse do seu cargo antes do fim da investigação, que seria quando os conselheiros da empresa poderiam tomar uma decisão formal sobre o caso.


Créditos: Foto por Matthew Manuel no Unsplash

A carta enviada pela ex-engenheira da empresa afirmava que Bill Gates iniciou uma relação íntima com ela no ano de 2000, quando ainda trabalhava na empresa. Segundo apurado pelo jornal, ela teria pedido que Melinda Ann French, que ainda era casada com o bilionário, tivesse acesso e lesse a sua carta, algo que não se tem informações se aconteceu.

“Um comitê do Conselho analisou a preocupação, auxiliado por um escritório de advocacia externo para conduzir uma investigação completa. Ao longo da investigação, a Microsoft forneceu amplo suporte ao funcionário que levantou a questão. ”
- Informou um porta- voz da Microsoft ao The Wall Street Journal.

Com o decorrer da investigação, o conselho foi ficando ainda menos confortável com permanência do fundador da empresa entre os diretores, principalmente também pela sua relação com Jeffrey Epstein. Os diretores da empresa questionaram a relação entre Gates e o condenado por tráfico sexual de menores, mas “foram informados de que o relacionamento estava focado na filantropia e nada mais”.

Continua após a publicidade

Essa amizade também era algo que preocupava bastante Melinda, que começou o processo de divorcio contra o milionário assim que essa amizade foi a público. Além disso, ela também ficou insatisfeita sobre a forma que Gates reagiu a queixa de assédio sexual contra seu gerente financeiro, Michael Larson. Que chegou a ser afastado da empresa de investimento do bilionário, mas depois voltou a trabalhar normalmente.

14/05/2021 às 15:15
Notícia

Xbox Series S e X estão recebendo suporte a tecnologia Dolby ...

Recurso está chegando pela primeira vez aos consoles através de nova atualização para os Xbox Insiders

A ação dos membros do conselho da Microsoft faz parte de uma tentativa de mudança da empresa, que quer lidar melhor com as reclamações de assédio. Essa mudança está acontecendo após diversas funcionárias compartilharem, através de uma rede interna de email, suas experiências de assédio sexual e discriminação e como a Microsoft não dava suporte a elas.

Fonte: The Verge, The Wall Street Journal
User img

Willian Vieira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Análise do Samsung GALAXY S21 ULTRA: tela INCRÍVEL e câmeras para TODAS AS SITUAÇÕES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.