Sonda Zhurong, da China, pousa com sucesso em Marte
Créditos: CNSA (Imagem ilustrativa)

Sonda Zhurong, da China, pousa com sucesso em Marte

Pelo horário de Pequim, a rover chegou ao planeta vermelho no sábado de manhã

A presença da Terra em Marte acaba de se expandir um pouco fisicamente e bastante politicamente. A sonda chinesa Zhurong conseguiu realizar seu pouso com sucesso na superfície do planeta vermelho no último sábado, dia 15 de maio, às 7h18 da manhã, de acordo com o horário de Pequim. Ajustando para o nosso fuso, ainda era 20h18 do dia 14 de maio - sexta-feira.

Com o pouso da Zhurong, a China passa a ser o segundo país no mundo a conseguir realizar uma missão com sucesso até a superfície de Marte. O primeiro, obviamente, é os Estados Unidos, que não somente levou uma sonda para lá há tempos como também tem realizado testes bem sucedidos com um drone capaz de voar na atmosfera do nosso planeta vizinho.

Falando nos EUA, a NASA recebeu bem a notícia da chegada da sonda chinesa ao planeta. Thomas Zurbuchen, chefe de ciência na agência espacial norte-americana, fez a seguinte declaração sobre o assunto:

A agência de exploração espacial chinesa chama-se CNSA, a sigla em inglês para China National Space Administration. A Zhurong vai estudar a geologia de Marte usando uma ferramenta a laser capaz de avaliar a química das rochas escaneadas pela sonda, além de ajudar na busca por água e gelo embaixo da superfície do planeta.

04/05/2021 às 10:26
Notícia

Depois de um "soluço", Ingenuity conquista seu quar...

Helicóptero não decolou na primeira data marcada, mas no fim deu tudo certo

Continua após a publicidade

E o sucesso do pouso da Zhurong foi anunciado com toda certeza de que a sonda chegou ao planeta em segurança. Para avaliar que a missão deu certo, a sonda precisou chegar ao planeta, desdobrar seus painéis solares, estender a antena e enviar um sinal para a CNSA na Terra. Somente depois de receber esse sinal que a agência anunciou o sucesso do pouso.

Segundo o Neowin, cientistas da Terra realizam missões para Marte desde 1960, e de 40 tentativas apenas metade foi considerada bem sucedida. A proporção de sucessos fica ainda menor contabilizando apenas as missões que buscavam pousar no planeta. O sucesso da China então é bem recebido para ter mais uma fonte de informações vindo de lá.

Fonte: Neowin
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Análise do Samsung GALAXY S21 ULTRA: tela INCRÍVEL e câmeras para TODAS AS SITUAÇÕES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.