Foguete da China cairá na Terra daqui a dois dias, ainda sem local definido
Créditos: Reprodução/Space Videos/YouTube

Foguete da China cairá na Terra daqui a dois dias, ainda sem local definido

Especialistas dizem que a maior parte do foguete queimará durante a reentrada na atmosfera

No final de abril, a China lançou o foguete Long March 5b carregando o módulo central Tianhe, o primeiro de sua futura estação espacial Tiangong-3. Mas quatro dias depois do lançamento, a espaçonave está fora de controle. Informações divulgadas pelo jornal China Global Times e pela Aerospace, site de geolocalização espacial dos Estados Unidos, dizem que o foguete pode cair neste sábado, 8 de maio, ainda sem local definido. 

Notícias iniciais apontavam que o foguete poderia cair em áreas habitadas. Ainda que não haja uma confirmação de onde a espaçonave irá cair, especialistas da área de astrofísica e engenharia dizem que não vale a pena entrar em pânico. De acordo com a Aerospace, os destroços têm probabilidade de chegar à Terra às 23h34 do dia 8, atingindo o Pacífico perto do Equador depois de passar por cidades do leste dos Estados Unidos, mas sem exatidão do local. 

A maior parte dos destroços queimará durante a reentrada, deixando apenas uma pequena porção que pode cair no chão, e provavelmente pousará em áreas longe de atividades humanas ou no oceano, disse Wang Yanan, editor-chefe da revista espacial Aerospace Knowledge.

O foguete Long March 5b possui cerca de 30 metros de comprimento e pesa 21 toneladas. A ideia de que os destroços da espaçonave serão descartados toma força devido ao exterior de liga de alumínio "de camada fina" de que o foguete é feito, tornando-o fácil de ser queimado pela velocidade que atingirá com sua reentrada na atmosfera.


Foto: Wikimedia Commons/Reprodução

Já o Departamento de Defesa dos EUA diz que “todos os destroços são ameaças em potencial à segurança do voo e ao domínio espacial.” Jonathan McDowell, astrofísico da Universidade de Harvard, afirma que o resultado mais provável é de que o foguete realmente pouse no mar, porque o oceano cobre cerca de 71% do planeta. Mas, ele também disse que alguns destroços da espaçonave vão sobreviver à reentrada e que seria “equivalente a um pequeno acidente de avião espalhado por mais de 160 km.”

Caso os detritos do foguete fiquem no oceano, o especialista aeroespacial Song Zhongping disse à China Global Times que o combustível usado pelo foguete Long March 5b é amigável e não causaria poluição da água. 

A China não disse se o foguete está sendo operado e o Comando Espacial dos Estados Unidos segue rastreando os detritos do Long March 5b. 

Fonte: The Guardian, China Global Times, TweakTown
User img

Bianca Nery

Quase jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina. É marvete e entusiasta de jogos antigos de Playstation 2. Joga no expert no Guitar Hero e é grande fã do Jorge Ben.

Entenda o Mini LED e Micro LED: TVs com mais contraste, brilho e menos limitações

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.