iPhone 13 e 13 Pro devem vir com display AMOLED de 120Hz da Samsung
Créditos: Reprodução/GSMArena

iPhone 13 e 13 Pro devem vir com display AMOLED de 120Hz da Samsung

Novos relatórios da Coreia do Sul indicam a compra dos produtos pela Apple

Diversos rumores indicam que a Apple deve trazer a tecnologia de 120Hz para as telas dos iPhones ainda em 2021. Apesar de ainda não haver nenhuma confirmação, um novo relatório da Coreia do Sul quase confirma a informação. Segundo o documento, as versões mais completas do smartphone, iPhone 13 e iPhone 13 Pro, terão displays LTPO AMOLED com a taxa de atualização mencionada, fabricadas exclusivamente pela Samsung Display. 

Além de confirmar quais serão as possíveis telas usadas pela próxima geração dos iPhones, o relatório também dá alguns detalhes adicionais. O documento informa que a Samsung Electro-Mechanics será responsável pelo fornecimento das placas de circuito, chamados de circuito impresso flexível e rígido, em tradução livre (Rigid Flexible Printed Circuit Boards RFPCB). Ou seja, além das telas, a coreana também estará presente em mais hardwares dos smartphones topo de linha da Apple

Atualmente, a maioria dos smartphones Android intermediários premium e topos de linha já incluem a taxa de atualização de 120 Hz. A Apple, no entanto, ainda oferece opções mais baixas para seus usuários, mesmo nos dispositivos mais completos, como o iPhone 12 Pro Max, com display de 60 Hz. 

O novo relatório indica que a Apple está se preparando para entrar nesse mercado com maior força. O documento fala que o RFPCB será usado para conectar o painel OLED à placa principal. Apesar do circuito ser rígido, ele pode ser dobrado, podendo se adequar a diferentes designs que a empresa optar fazer. Essa tecnologia permite uma transmissão de sinais elétricos de forma mais rápida e eficiente, tornando as respostas ainda mais ágeis. 

29/04/2021 às 10:05
Notícia

Apple iOS 14.5 permite que usuário escolha compartilhar dados...

Os desenvolvedores precisam informar os usuários sobre como os dados estão sendo usados

Um ponto negativo é que os RFPCBs são mais caros do que os FPCBs mais tradicionais. Esse pode ser um motivo para que a empresa traga outro modelo do iPhone, que seja também mais acessível. A Apple já vem trazendo três opções de iPhones em cada geração, justamente para conseguir atingir mais camadas de usuários. 

Continua após a publicidade

Por ser opções de circuitos mais caros, a maioria das fabricantes de smartphones optam por não usar a tecnologia, a fim de não encarecer o preço final dos produtos. Por esse motivo, a demanda de produção aos RFPCBs são muito baixas. Tanto que a Samsung Electro-Mechanics considerou sair do negócio RFPCB no ano passado, por não obter lucro nos últimos dois anos. É possível que após o iPhone 13 a empresa realmente saia dos negócios. 

A indústria estima que a Samsung Display irá fornecer cerca de 110 milhões de painéis para iPhones em 2021. Logo em seguida está a LG Display, que deve ofertar pouco menos da metade desse total, com cerca de 50 milhões. Por fim, a BOE também deve entregar 9 milhões de displays para a Apple.

Via: GSM Arena
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.