SpaceX receberá permissão de por 4.000 satélites da Starlink em órbita baixa
Créditos: Divulgação NASA

SpaceX receberá permissão de por 4.000 satélites da Starlink em órbita baixa

Concorrentes avisam que isso pode aumentar o risco de colisões

Além dos planos de exploração espacial e colonização de Marte, SpaceX vem apostando muito na Starlink, sua rede de internet via satélite. Para o desenvolvimento ainda mais rápido dessa tecnologia, a empresa vem esperando uma permissão da Federal Communications Commission (FCC) para por seus milhares de satélites em órbita baixa, porém alguns concorrentes estão avisando que isso aumentaria o risco de colisões.

27/04/2021 às 16:36
Notícia

Empresa de Jeff Bezos, Blue Origin protesta contrato da NASA ...

CEO da companhia disse que processo de seleção foi "fundamentalmente injusto"

A empresa vem esperando essa aprovação para realizar o lançamento de 1.584 novos satélites em uma altura de 550 quilômetros em órbita. Com isso, a empresa também vai aproveitar a liberação da FCC para descer todos os 2.824 satélites que estão em uma órbita atualmente de 1.000 quilômetros para a mesma altitude.

Segundo a SpaceX, isso traria uma maior segurança em relação aos satélites operando em órbita terrestre baixa, pois quando acabasse a vida útil deles, que já possuem uma autonomia bastante reduzida, eles simplesmente iriam sair da órbita e queimarão mais rápido. Porém isso traz diversas inseguranças a empresas concorrentes, que têm medo de possíveis colisões.


Créditos: Divulgação SpaceX

Diversas outras empresas já têm planos de operar satélites em órbitas bastante próximas e, com a chegada da SpaceX, essa região da órbita terrestre se tornará bastante “movimentada”. Uma dessas empresas é a Amazon, que está planejando lançar 3.236 satélites em 630 quilômetros, bastante perto da altura que seria realocado os da empresa de Elon Musk.

Além disso, empresas como a ViaSat, OneWeb e Telesat, também estão com planos para o lançamento de satélites em órbita baixa. Diversos desses modelos não irão estar na mesma altura, como alguns satélites geoestacionários, mas outros irão dividir a órbita com esses milhares que já estarão lá.

O risco de colisão já é um perigo atualmente, mesmo com um "tráfego atual reduzido” em órbita baixa. Pelo que foi apurado pela britânica OneWeb, alguns satélites da SpaceX quase colidiram entre si no começo deste mês, fato que foi negado pela empresa.

Continua após a publicidade

Para ter uma noção maior sobre os riscos de tantos satélites próximos, o portal Business Insider falou com o presidente executivo da ViaSat, Mark Dankberg, sobre os possíveis os riscos de "superpovoar" a orbita baixa. A empresa já vem alertado que um alto número de satélites aumenta o risco grande de colisões, Mark afirma que o problema não é os satélites em si, que são pequenos, mas sim os painéis solares que estão instalados neles.

20/03/2021 às 13:34
Vídeo

SpaceX Starlink: reservamos a nossa internet por satélite. Co...

Com alta velocidade e baixa latência, Starlink promete banda larga em áreas (nem tão) remotas

Pelo que foi apurado pelo portal, a atual presidente interina da FCC, Jessica Rosenworcel, fez um pedido para os seus colegas aceitarem os planos da SpaceX

Independente da altura que for posto esses satélites, o fato é que nos próximos anos será visto um aumento expressivo de satélites da empresa de Elon Musk. Isso porque a empresa pretende lançar, até 2027, 42.000 satélites com o intuito de levar conexão de internet para todo o mundo.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Business Insider, TweakTown
User img

Willian Ferreira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Drone Autel EVO II Pro chega ao Brasil - Câmera 6K, 40 Minutos e 9Km [UNBOXING]

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.