Microsoft e Intel anunciam nova parceria para combater mineração hacker
Créditos: Thomas Knopp (Imaginima)

Microsoft e Intel anunciam nova parceria para combater mineração hacker

Prática conhecida como "cryptojacking" pode ser ainda mais prejudicial em empresas

O advento das criptomoedas, tanto em popularidade como em valorização, resulta em pessoas tentando levar vantagem de maneira indevida pra lucrar - como toda nova tecnologia. No caso das moedas, temos uma prática conhecida como "cryptojacking", que é a ação de hackers usarem sistemas sem permissão para minerar, impactando na performance do computador sem o usuário entender o que está acontecendo. Agora a Microsoft e a Intel estão agindo juntas novamente para tentar impedir isso, ao menos no segmento empresarial.

Um novo recurso que será compatível com o Microsoft Defender rodando no Endpoint vai usar processadores Intel vPro e Intel Core de 6ª geração em diante para detectar casos de cryptojacking e alertar os usuários para impedir a prática. O segredo da nova parceria está numa tecnologia da Intel chamada Threat Detection Technology (TDT - tecnologia de detecção de ameaças), que vai usar as capacidades de inteligência artificial e machine learning da CPU para impedir hackers mineradores.

O Endpoint é a plataforma da Microsoft para empresas com grandes redes de computadores, um dos alvos mais interessantes para hackers interessados em cryptojacking. Basta violar a segurança da rede e eles terão diversos sistemas à sua disposição para minerar, impactando negativamente na performance de todos esses computadores.

A ideia da Intel e da Microsoft é que o software de segurança da dona do Windows seja capaz de detectar essa prática como qualquer outro malware, alertando o usuário quando ela acontece. É importante para as companhias serem capazes de parar um ataque assim, já que ele segue num crescimento considerável. A própria Intel diz que os casos de cryptojacking aumentaram em 53% nos últimos três meses de 2020, quando comparado com o trimestre logo antes disso.

A tecnologia foi inicialmente desenvolvida para funcionar em processadores e software especialmente voltados para o segmento industrial, e até o momento não temos informações sobre a possibilidade da novidade chegar também ao Microsoft Defender doméstico.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Tom's Hardware
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Compramos um iPhone Fake e tivemos uma surpresa

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.