Forças Armadas dos EUA usarão drones para localizar outros drones
Créditos: Foto por Goh Rhy Yan no Unsplash

Forças Armadas dos EUA usarão drones para localizar outros drones

A Aerial Dragnet é uma rede que irá fazer a vigilância de pequenas aeronaves suspeitos em cidades norte-americanas

Os drones estão se tornando cada vez mais uma preocupação para os governos de todo o mundo, que estão correndo para criar leis para a utilização desses veículos aéreos não tripulados. Recentemente foi divulgado mais sobre os planos de uma arma capaz de derrubar drones em pleno voo, agora sabemos mais sobre os planos das Forças Armadas dos EUA em detectar pequenas aeronaves suspeitas voando pelas cidades

23/04/2021 às 10:17
Notícia

Novas regras que permitem que drones sobrevoem pessoas nos EU...

Elas se aplicam especificamente a pequenos drones

A solução apresentada para a vigilância do espaço aéreo é criar uma rede de drones de vigilância que fariam a fiscalização dos dispositivos sobrevoando as cidades urbanas. O projeto é desenvolvido pela Defense Advanced Research Projects Agency (DARPA), uma parte das Forças Armadas responsável pelo desenvolvimento de tecnologias para a defesa da segurança nacional.

Chamado de ‘Aerial Dragnet’, a rede será feita por por diversos drones com tecnologias de localização, que, como informado pelo portal DroneDJ, permitirá realizar uma vigilância bastante ampla de aeronaves remotamente pilotadas voando abaixo de 1.000 pés. O projeto vem sendo desenvolvido desde 2016 e, atualmente, vem procurando uma organização para criar o algoritmo que irá processar os sinais dos drones.


Créditos: Reprodução / DroneDJ

O principal motivo para o desenvolvimento desta tecnologia é para a segurança nacional, pois até mesmo os pequenos drones podem carregar explosivos e ser uma ameaça. Por isso, o governo estadunidense espera conseguir mapear e rastrear essas aeronaves, porém, esse trabalho é bastante difícil em grandes cidades, principalmente por causa dos grandes arranha-céus, por isso, a melhor alternativa é combater esses drones com outros drones.

Para realizar essa função, a DARPA está desenvolvendo drones especiais para isso. Essas aeronaves serão equipadas com alguns sensores óticos, de radar e acústicos. Os dados obtidos por essas aeronaves serão incorporados ao US Army’s Counter-Small Unmanned Aircraft System (C-sUAS), que o sistema responsável pela detecção de pequenas aeronaves suspeitas. Após isso, caso algum alvo seja localizado, ele realizará a destruição da ameaça.

Continua após a publicidade

Atualmente a solução vem sendo testada em algumas regiões dos Estados Unidos. Segundo Paul Zablocky, gerente de programa da DARPA, o ‘Aerial Dragnet’ já foi testado em San Diego durante 2019 e, recentemente, passou por alguns testes na Virgínia.

Segundo o diretor, atualmente o projeto apresenta um custo de US $ 20.000 para cobrir até 19 quilômetros de área, que ainda é mais barato que as soluções existentes atualmente. Agora a DARPA está procurando outra agência para testar ainda mais o projeto, com o objetivo de testar e refinar ainda mais os algoritmos de processamento.

Fonte: Drone DJ
User img

Willian Vieira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.