Tesla faz acordo com engenheiro acusado de roubar código da tecnologia de piloto automático
Créditos: Tesla/ Logomyway

Tesla faz acordo com engenheiro acusado de roubar código da tecnologia de piloto automático

Engenheiro Cao Guangzhi admite pegar o código, mas afirma não ter trocado os segredos da Tesla com a rival chinesa XMotors

A Tesla, empresa norte-americana do ramo automobilístico e especializada em carros elétricos de alto desempenho, fechou acordo com o ex-engenheiro Cao Guangzhi, acusado de roubar o código fonte da tecnologia de piloto automático, implementada nos carros da empresa. Após 2 anos de batalha judicial, o engenheiro fechou um acordo e deve pagar uma quantia não declarada para a empresa.

Cao, afirmou durante processo que o código nunca foi utilizado de forma ilícita. A batalha judicial começou em 2019, na época a empresa de Elon Musk processou o engenheiro, após começar a trabalhar na XMotors, rival chinesa da Tesla no mercado de carros elétricos, com sede nos Estados Unidos. A Tesla o acusou de divulgar os segredos da empresa, aqui entende-se que ele teria divulgado o código fonte do software de assistência de direção. No processo, a empresa declarou que o software era a: "Joia da coroa da propriedade intelectual da Tesla".

09/03/2021 às 22:12
Notícia

Drone flagra testes do novo caminhão Tesla na Califórnia

Possível produção de conteúdo publicitário pode ser sinal de chegada ao mercado

O engenheiro admitiu ter feito upload de múltiplos arquivos compactados contendo o código fonte para sua conta no iCloud, em 2018. No entanto, durante o decorrer do processo, insistiu em nunca ter utilizado o código ao começar a trabalhar na XMotors.

A empresa XMotors, afirmou respeitar a propriedade intelectual de outras empresas e anunciou que o engenheiro não trabalha mais para a empresa. Independente das intenções de Cao Guangzhi, não é indicado fazer o upload de informações sigilosas para contas pessoais, principalmente quando tal atitude pode caracterizar roubo de informação confidencial. Os termos do acordo não foram divulgados, portanto não há como saber com exatidão qual valor o engenheiro deve pagar a Tesla.

Deixando de lado a rival chinesa, parece que além da XMotors a Tesla também ganhou nova rival, dessa vez na Índia. A empresa Ola Electric Mobility, sediada em Bangalore, está abrindo uma fábrica de scooters elétricas, o principal veículo de locomoção no país.

De acordo com o CEO, Bhavish Aggarwal, o plano é começar pelas scooters, depois motos e então fabricar carros elétricos. "Nossa ambição é ter um grande impacto nos veículos elétricos. A única maneira de criar esse impacto na eletrificação é trabalhar em grande escala", disse o CEO.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: The Verge
User img

Luiz Schmidt

Estudante de jornalismo na UFSC. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Gosta de escrever histórias de horror nas horas livres e sonha em publicar um livro.

Drone Autel EVO II Pro chega ao Brasil - Câmera 6K, 40 Minutos e 9Km [UNBOXING]

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.