Créditos: Reprodução/ @SaintCyrCoet

Veja cão robô da Boston Dynamics em treinamento com exército francês

O Spot foi usado no reconhecimento de área durante treinamento de soldados

O Spot, cão robótico da Boston Dynamics já foi apresentado fazendo diversos truques. Recentemente, foi mostrado que ele está sendo usado em treinamento com o exército da França. Segundo o comandante da escola Jean-Baptiste Cavalier o objetivo é "medir o valor agregado dos robôs em ação de combate." Essa é a primeira vez que ele é usado para fins militares. 

Spot - site oficial

O exército francês fez o exercício de pensar como os robôs poderiam ser aliados em combate. Os alunos criaram três missões ofensivas e defensivas, usando o Spot principalmente para fazer o reconhecimento da área. O cão rastreia e mapeia os perigos, permitindo que mais informações sejam coletadas antes da ação ser efetivamente executada. 

O exercício foi feito de duas maneiras: com o Spot e sem ele. Assim foi possível identificar as dificuldades que poderiam ser corrigidas usando o cão robótico. Além do robô por terra, também foram usados drones blindados, projetado especificamente para fornecer a cobertura para os soldados. 

Além de otimizar o tempo das operações, os robôs também permitiram que as tropas ficassem ainda mais seguras. Um soldado relatou que morreu no primeiro exercício feito sem o Spot, mas que na segunda vez conseguiu sobreviver, graças ao reconhecimento feito pelo robô. 

Um dos problemas identificados durante o treinamento foi a falha da bateria. O Spot ficou sem energia durante o exercício, o que em cenários reais poderia resultar em grandes problemas. Esse pode ser um ponto que a Boston Robotics precisa trabalhar no cão robô. 

Para o treinamento os robôs foram emprestados pelo distribuídos europeu Shark Robotics e Nexter Group. Segundo um porta voz da empresa, procurado pelo site The Verge, a desenvolvedora do robô não tinha conhecimento que o Spot seria usado para fins militares, mesmo que em testes. 

31/03/2021 às 10:50
Notícia

Boston Dynamics apresenta seu novo robô Stretch, um braço mec...

Stretch não parece um animal, como os robôs mais famosos da empresa

Continua após a publicidade

O Spot não foi criado para prestar serviços militares. Apesar da Boston Dynamics ter sido financiada pelo serviço militar estadunidense DARPA no início, ao longo dos anos a companhia se afastou desse viés. Os termos da empresa falam diretamente que suas criações não devem ser usadas para "ferir ou intimidar qualquer pessoa ou animal, como uma arma, ou para habilitar qualquer arma".

O Spot não foi usado para ferir, ao contrário, ele apenas fez o reconhecimento para proteção. A Boston Robotics informou também que não é contra o uso dos seus robôs para tirar humanos do perigo. 

Via: Engadget
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

MI 11 PRO e ULTRA! TUDO sobre os NOVOS celulares da XIAOMI

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.