App Buscar Meu iPhone passa a funcionar com dispositivos que não são da Apple
Créditos: Apple/Divulgação

App Buscar Meu iPhone passa a funcionar com dispositivos que não são da Apple

Primeiros produtos compatíveis serão Belkin Soundform e Chipolo One Spot

A Apple revelou que o aplicativo Buscar Meu iPhone começará a funcionar oficialmente com dispositivos que não são fabricados pela própria empresa. Os primeiros produtos compatíveis com a funcionalidade serão o fone de ouvido Belkin Soundform e o rastreador de itens Chipolo OneSpot.

07/04/2021 às 09:39
Notícia

Produção em massa do chip A15 Bionic para o iPhone 13 pode co...

Ele deve ser produzido com base em uma versão melhorada do processo de fabricação de 5nm da TSMC

Já será possível usar o app para encontrar esses dispositivos a partir da semana que vem, de acordo com a fabricante norte-americana. Assim que produtos compatíveis começarem a ser vendidos em lojas de varejo, você poderá saber quais são compatíveis com o recurso ao identificar o logo "Works with Apple Find My" ("Funciona com o Apple Buscar Meu", em tradução livre).

App Store: Buscar Meu iPhone

Assim que tiver comprado e ativado o dispositivo, ele pode ser adicionado ao app na aba "itens". O aparelho então aparecerá dentre os dispositivos exibidos na interface de mapa do aplicativo. Você terá a opção de clicar num botão para que o gadget emita sons — facilitando o processo de encontrá-lo.

Site oficial: Belkin Soundform

A interação do aplicativo Buscar Meu iPhone com dispositivos de terceiros foi anunciado durante a WWDC 2020. A expectativa era de que o recurso seria lançado ainda no ano passado, mas a sua chegada acabou ficando para 2021, com a Apple não trazendo nenhuma atualização sobre o recurso até então.


Fonte: Apple/Divulgação

Continua após a publicidade

Site oficial: Chipolo One Spot

A empresa finalmente quebrou seu silêncio no último fim de semana, quando a empresa publicou o Find My Certification Asst na App Store. Esse software permite que desenvolvedores de softwares com a licença MFi (Made for iPhone ou Feito para iPhone) testem seus dispositivos na rede. Então eles podem enviar os dados coletados para a Apple em busca de certificação.

De acordo com o site Engadget, há também um "Lost Mode" ("Modo Perdido") que permite bloquear o dispositivo ao seu Apple ID. Com isso, nenhuma outra pessoa poderá parear o aparelho com a sua própria conta.


Fonte: Apple/Divulgação

A Apple ainda está publicando um rascunho das especificações que vão permitir que as fabricantes tirem proveito da tecnologia Ultra-Wideband (UWB). Esse recurso está presente nos iPhones mais recentes com o chip U1. A promessa é de que ele vai permitir experiências mais precisas e com melhor precisão direcional.

Via: Engadget Fonte: Apple
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

MI 11 PRO e ULTRA! TUDO sobre os NOVOS celulares da XIAOMI

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.