Huawei pode lucrar mais de US$ 1 bilhão em 2021 com suas patentes 5G
Créditos: Voice

Huawei pode lucrar mais de US$ 1 bilhão em 2021 com suas patentes 5G

A empresa cobrará até US$2,50 por aparelho que use suas patentes, valor bem abaixo da concorrência

A Huawei, empresa de telecomunicações e smartphones, anunciou que planeja monetizar patentes 5G de forma mais agressiva. Ela estima que até o final de 2021 terá gerado cerca de US$ 1,3 bilhão em receita (cerca de R$ 7,3 bilhão de reais em conversão direta) através de suas patentes.

Site oficial da Huawei

A estratégia da empresa é cobrar royalties de até US$2,50 por aparelho, de fabricantes de celulares como a Apple, pelo licenciamento de patentes 5G.

Porém, mesmo com a postura mais agressiva, a gigante chinesa irá cobrar valores inferiores aos US$7,50 que levaram Apple e Qualcomm a uma batalha litigiosa, encerrada  em 2019. Além disso, os valores propostos pela empresa, também, serão inferiores aos cobrados por concorrentes diretas, como Nokia e Ericsson.

(Créditos: Huawei)

De acordo com a CNBC, a Huawei tem 3.007 patentes da família 5G declaradas, mais do que qualquer outra companhia do mundo.

Cerca de 18,3% dessas patentes são da categoria SEP (Patente Essencial Padrão). Como indica o nome, essas patentes SEPs são indispensáveis para conexões wireless com 5G e LTE (Long-Term Evolution).

Na maioria dos casos, fabricantes de celulares não conseguem construir um telefone que acesse a tecnologia, sem o licenciamento dessas patentes.

Continua após a publicidade

Ao que tudo indica, a mudança de estratégia da companhia é um reflexo de ações da administração do ex-presidente Donald Trump, que impediu empresas americanas de trabalhar com a Huawei. Além de pressionar aliados britânicos a pararem de comprar equipamentos da empresa, prejudicando os negócios da empresa chinesa.

A linha P50 terá um sensor Sony IMX800 (Créditos: Voice)

E aparentemente não é somente nas patentes que a Huawei planeja mudar sua postura, segundo vazamentos da última semana, os dois novos celulares Huawei P50 Pro e Huawei P50, terão um sensor Sony IMX800, o primeiro de uma polegada já colocado num smartphone.

Apesar do design pouco agradável, a performance fotográfica da linha P50 deve satisfazer quem comprar os celulares da empresa como de costume, aliado as tecnologias oferecidas pelo 5G, presentes em alguns nos últimos lançamentos da empresa.

Via: Engadget Fonte: CNBC
User img

Luiz Schmidt

Estudante de jornalismo na UFSC. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Gosta de escrever histórias de horror nas horas livres e sonha em publicar um livro.

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.