Marte possui um "oceano" escondido abaixo de sua superfície

Boa parte da água do planeta está presa em minerais

Marte possui um "oceano" escondido abaixo de sua superfície
Créditos: Mark Garlick, SCIENCE PHOTO LIBRARY, Getty Images/Reprodução

Uma recente descoberta sobre a quantidade de água presente em Marte pode mudar a forma como planejamos habitar o planeta no futuro.

Por várias décadas, cientistas e pesquisadores estudam o que aconteceu com toda a água do solo marciano, visto que diversos estudos apontam que o planeta já teve oceanos há bilhões de anos.  

Acreditava-se que boa parte dessa água havia sido "sugada" junto com a atmosfera do planeta vermelho, deixando para trás apenas o líquido congelado em seus polos norte e sul. Um novo estudo agora conta que boa parte dessa água ainda está no planeta, "presa" no solo de Marte.


Créditos: NASA/JPL-Caltech/USGS

Analisando os modelos atuais e outros estudos da composição química da atmosfera marciana, Eva Scheller, uma das cientistas que está liderando o estudo, e sua equipe chegaram a conclusão de que apenas a atmosfera não foi responsável por "sumir" com boa parte da água do planeta e demonstrar as condições que temos hoje em Marte: "o escape atmosférico não explica totalmente os dados que temos sobre a quantidade de água que realmente existiu em Marte", comenta.

Complementando a teoria, Bethany Ehlmann, professora da CalTech, disse: "O escape atmosférico claramente teve um papel na perda de água, mas as descobertas da última década de missões a Marte apontaram para o fato de que havia esse enorme reservatório de antigos minerais hidratados cuja formação certamente diminuiu a disponibilidade de água ao longo do tempo".

06/03/2021 às 11:06
Notícia

Rover Perseverance da NASA que foi para Marte usa chip Apple ...

O chip RAD750 conta com modificações para aguentar ambientes extremos de temperatura e radiação

O processo químico da interação entre água e rocha explica o motivo de tanta água estar encrostada abaixo da superfície de Marte, criando vários compostos minerais recheados de água. Por conta da falta de atividade vulcânica no planeta, todo o líquido continua preso no terreno marciano, formando uma espécie de "oceano invisível" abaixo da superfície do nosso vizinho celeste.

Os pesquisadores também concluíram que quatro bilhões de anos atrás, Marte tinha água o suficiente para ter oceanos com profundidades que variavam entre 100 a 1500 metros, e agora de 30 a 99% de toda essa água está presa nos minerais do planeta vermelho. 

Via: Cnet

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.