Usuários do Realme 7 Pro e Realme 7i poderão testar Realme UI 2.0 em breve
Créditos: Realme

Usuários do Realme 7 Pro e Realme 7i poderão testar Realme UI 2.0 em breve

Nova versão do sistema é baseada em Android 11, trazendo grandes modificações

A Realme está um passo mais próxima de finalmente atualizar seus celulares Realme 7 Pro e Realme 7i. A empresa começou recentemente um registro para participar do beta, a versão de testes, da Realme UI 2.0, nova versão de seu sistema operacional baseado no Android 11. O sistema modifica bastante o Android, e conseguiu uma base de fãs que preferem essa versão e aguardam ansiosamente o update para aproveitarem também os novos recursos trazidos pelo novo sistema da Google.

O beta é um pouco mais restrito no Realme 7i e aberto no Realme 7 Pro. Usuários do 7i interessados em tentar usar o beta precisam apenas seguir as instruções na imagem acima para se candidatarem e habilitarem seus aparelhos a receber o update para o beta da Realme UI 2.0, mas não há garantia que será possível. É um beta em "acesso antecipado", então não vai ser distribuído para todo mundo.

Já o Realme 7 Pro está no modo "beta aberto", então qualquer pessoa com o smartphone que queira testar a nova versão do sistema vai conseguir. Só seguir as mesmas instruções e fazer o download a nova versão do sistema.

08/01/2021 às 08:36
Notícia

Smartphones Realme 7 e Realme 7 Pro chegam ao Brasil por R$ 2...

Ambos já estão em pré-venda nas lojas Submarino e Americanas

É importante atentar ao fato de que a versão beta de um software é uma versão de testes, incompleta. Ou seja, é natural que apareçam alguns bugs ou problemas de instabilidade. Essa fase é aberta justamente para o público oferecer um número maior de pessoas testando o sistema e enviando reports de problemas à companhia para resolver o número máximo possível antes da distribuição final da atualização para todo mundo.

A Realme UI 2.0 faz mudanças no Android 11 com foco em customização de temas, privacidade e promete até melhorias de performance. A nova versão da Google, por si só, faz algumas mudanças na interface de notificações e, a principal mudança, a possibilidade de conceder acesso uma única vez a recursos do smartphone para aplicativos. Atualmente, se você permite o uso do microfone a um app, por exemplo, ele fica permitido por padrão, e tem que ir nas configurações desligar manualmente. Na nova configuração será possível optar por permitir uma vez só e, depois de usar o app, ele vai ter que requisitar sua permissão de novo antes de acessar o microfone novamente.

Fonte: XDA-Developers
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.