Apple contrata 53% da capacidade das fábricas da TSMC para litografias de 5nm
Créditos: Apple/Divulgação

Apple contrata 53% da capacidade das fábricas da TSMC para litografias de 5nm

Qualcomm vai ocupar outros 24% das linhas de produção com seus chips para celulares

A Apple já contratou 53% da capacidade de produção da Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC) para produtos em litografia de 5 nm em 2021. A segunda empresa que mais vai ocupar as linhas de produção de última geração da fábrica será a Qualcomm, com 24% dos pedidos.

08/02/2021 às 19:32
Notícia

Hyundai afirma que não vai produzir o carro autônomo da Apple

Rumores apontavam que a fabricante sul-coreana como a parceira para o lançamento do primeiro carro da...

Para quem não conhece a TSMC, ela é responsável por fabricar os wafers que resultam nos chips usados em diversos produtos baseados em silício. Esses produtos incluem processadores e placas de vídeo para computadores e notebooks, assim como  os chipsets que estão presentes em smartphones e outros dispositivos menores.

Site oficial: Apple M1

A litografia de 5 nm é a mais nova geração para fabricação de produtos com base em silício, chegando para substituir a de 7 nm. Cada redução no processo de produção costuma representar uma melhora na eficiência energética – normalmente obtida por aumentar o desempenho e reduzir o consumo.

Como a capacidade de produção das fábricas é limitada, os contratos para a fabricação desse tipo de produto são bastante concorridos. E, nesse caso, parece que a Apple saiu na frente da concorrência.


Fonte: Counterpoint Research/Reprodução

Atrás da Qualcomm, há outras quatro empresas que vão fabricar seus chips com o processo de 5 nm da TSMC. São elas: Samsung (5% da capacidade da fábrica), AMD (5%), Nvidia (3%) e MediaTek (2%).

Continua após a publicidade

Vale notar que 8% da capacidade das linhas de produção de 5 nm da fábrica taiwanesa estarão ocupadas por produtos de mineração de criptomoedas. Esse aumento na demanda por parte do mercado de Bitcoins e similares resultou num aumento dos preços que as fabricantes estão pagando pelos seus chips.

Além disso, vai ficar muito difícil de negociar uma ampliação na quantidade de wafers produzidos, caso alguma empresa veja um crescimento na procura por seus produtos.


Fonte: Counterpoint Research/Reprodução

No mundo da produção de chips em 7 nm para 2021, a fábrica da TSMC vai lidar com clientes bem mais variados. Aqui, quem mais vai ocupar as linhas de produção será a AMD, com 27% dos pedidos. A Nvidia não fica muito atrás, com 21% dos contratos.

As seguintes empresas também vão produzir chips em 7 nm em parceria com a TSMC: Qualcomm (12%), MediaTek (10%), Intel (7%), Broadcom (6%), Apple (6%), Samsung (5%) e Xilinx (2%). Outras empresas não citadas representam os 6% restantes.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Guru3D Fonte: Counterpointreaserch
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Drone Autel EVO II Pro chega ao Brasil - Câmera 6K, 40 Minutos e 9Km [UNBOXING]

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.