Xiaomi Mi 11 enfrenta o teste de durabilidade mais famoso da internet e se sai bem
Créditos: JerryRigEverything

Xiaomi Mi 11 enfrenta o teste de durabilidade mais famoso da internet e se sai bem

Celular encara riscos de estilete, ferramentas e até as chamas de um isqueiro

A Xiaomi praticamente acabou de lançar o Mi 11 em seu segmento high-end e o aparelho já teve que passar pelo "assustador" teste de durabilidade do canal JerryRigEverything. Como de costume, o aparelho passa por riscos feitos com um estilete e diferentes ferramentas, além de ter a tela queimada por um isqueiro e enfrentar o já tradicional teste de dobra.

Pode parecer apenas uma sessão de tortura para o celular, mas o teste do canal JerryRigEverything tornou-se icônico na internet porque não é feito sem pensar. Existe um método em que os riscos são aplicados que nos ajuda a comparar a resistência de um celular pro outro, além de recebermos várias informações do anfitrição conforme ele agride o smartphone.

O Xiaomi Mi 11 é feito em vidro e metal. Além da tela com Gorilla Glass Victus, a traseira também é revestida de vidro com proteção, na versão Gorilla Glass 5. Isso resulta em bastante resistência contra riscos. Na escala de dureza Mohs - que vai de 1 a 10 - a tela do aparelho começa a riscar em 6, ficando mais visível no 7. A traseira não é testada com a mesma escala, mas dá pra notar que os riscos não ficam em quase nada aparentes.

09/02/2021 às 14:30
Notícia

Xiaomi Mi 11 já está em promoção por R$3.850 em lojas Chinesas

Aparelho foi anunciado a partir de $749 dólares, mas está em promoção por $670

As laterais do smarpthone são feitas em metal. Muita gente prefere metal ao plástico na construção de um celular, mas o canal afirma que pra integridade e durabilidade mesmo não faz tanta diferença como as pessoas pensam. De todo modo, o Mi 11 recebe elogios por usar materiais e uma construção que geralmente são reservados para aparelhos mais caros, enquanto ainda oferece um preço mais competitivo.

Outra parte bem interessante do teste é que o aparelho é bem riscado propositalmente em cima da região que lê a digital sob a tela, para aumentar o desafio do sensor. E, mesmo com um acúmulo de riscos, o Mi 11 ainda consegue se sair bem na leitura da impressão digital sob a tela. O processo fica menos preciso e um pouco mais demorado, mas ainda funciona.

Por fim, o anfitrião do canal tenta dobrar o smartphone, pra frente e pra trás. Até dá pra ouvir um estalo e o Mi 11 fica com uma leve curvatura no corpo, mas o funcionamento continua perfeito, e o aparelho consegue ser aprovado em seu teste de durabilidade.

Fonte: JerryRigEverything
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Notebook com ARM? Testamos o MacBook Pro M1

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.