Tesla compra US$ 1.5 Bi em Bitcoin e deve aceitar pagamento na moeda em breve
Créditos: Montagem | logomarcas | Chesnot / Colaborador/Getty Images

Tesla compra US$ 1.5 Bi em Bitcoin e deve aceitar pagamento na moeda em breve

Notícia fez o valor da moeda subir em quase 19% até agora

A Tesla anunciou recentemente a compra de um valor de US$ 1.5 bilhão em Bitcoin e deve começar a aceitar pagamentos através da moeda virtual em breve. A informação foi descoberta através do arquivamento da Tesla Motors na Securities and Exchange Commission (SEC).

Nesse mesmo arquivo mencionado acima, a empresa deixa claras suas intenções com esse investimento:

04/02/2021 às 13:51
Notícia

Elon Musk ataca novamente e faz Dogecoin valorizar quase 70%

Criada como piada, a criptomoeda foi tema de tweets do empresário e seu valor disparou

"Além disso, esperamos começar a aceitar bitcoin como forma de pagamento por nossos produtos em um futuro próximo, sujeito às leis aplicáveis e inicialmente em uma base limitada, que podemos ou não liquidar no recebimento."

A notícia, claro, fez com que o preço do Bitcoin disparasse novamente. Partindo dos US$ 39.500, no momento em que essa publicação é escrita a moeda chega em US$ 46.856 - um aumento percentual de quase 19% (18,6%, para ser exato).

Elon Musk também já havia adicionado a hashtag #Bitcon ao seu perfil no Twitter anteriormente, o que resultou em um salto de 15% em sua valorização nos últimos dias de janeiro - num momento em que a previsão era de baixa no preço da moeda virtual.

Como já comentamos em publicação anterior, a flutuação no valor de criptomoedas como o Bitcoin acabam sendo ainda mais intensas do que o normal no mercado financeiro, visto que não existe uma "âncora tangível" que se relacione com o produto de mineração, além da percepção de quem investe e usa a tecnologia.

Continua após a publicidade

30/01/2021 às 10:23
Notícia

Elon Musk coloca bitcoin em sua bio no Twitter e valor da cri...

Moeda virtual tem aumento de 15% em seu valor num momento em que era esperada queda

Para aqueles que não estão familiarizados, mineração é o termo utilizado para o complexo processo de resolver uma série de quebra-cabeças criptográficos para verificar as transações no blockchain, "livro contábil" que faz o registro de transações de criptomoedas. 

Porém, um dos problemas comuns com a mineração é que ela requer uma quantidade bastante considerável de capacidade de computação. Ilustração disso é a atual falta de estoques das mais recentes e poderosas placas de vídeo do mercado (tanto de PCs de mesa quanto notebooks), que acabam sendo levadas em grande volume por esses mineradores, deixando os usuários comuns e jogadores esperando por uma oportunidade de compra.
 

Via: TweakTown
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

Notebook com ARM? Testamos o MacBook Pro M1

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.