Google estuda implementar no Android função similar ao anti-rastreamento do iOS
Créditos: Apple/Divulgação

Google estuda implementar no Android função similar ao anti-rastreamento do iOS

Indústria de smartphones está lentamente abraçando funções focadas em privacidade

A Google estaria estudando como implementar no Android uma funcionalidade anti-rastreamento como a que está presente no sistema operacional mobile da Apple, o iOS. De acordo com a Bloomberg, isso seria um sinal de que a indústria de smartphones está lentamente abraçando funções mais focadas em privadas.

06/02/2021 às 11:38
Notícia

Microsoft anuncia autopreenchimento de senhas para seu app de...

A atualização deve chegar hoje (6) para dispositivos Android

Como esse é o principal modelo de negócios da Google, porém, os executivos da empresa estaria discutindo internamente o melhor modo de fazer isso. Essa maneira provavelmente envolverá uma política menos rigorosa do que aquela implementada pela Apple, o que deverá agradar bastante os anunciantes.

Como é de se esperar numa situação dessa, as fontes entrevistadas pela publicação não quiseram ser identificadas. Afinal, enfrentariam punições graves por discutir publicamente os planos privados de uma firma desse tamanho.


Fonte: Apple/Divulgação

No caso da Apple, a empresa entrou numa disputa pública com o Facebook sobre privacidade de dados. Uma atualização recente do aplicativo de rede social de Mark Zuckerberg apresenta uma notificação inédita para os usuários de iPhones.

Ao abrir o aplicativo, o Facebook irá pedir para os usuários que eles deixem a empresa rastrear suas atividades em sites e aplicativos. A justificativa do Facebook é de que isso vai ajudar a oferecer suporte a empresas que dependem das propagandas para alcançar os clientes. E que também vai oferecer anúncios personalizados.

Porém, como o próprio CEO da Apple, Tim Cook, apontou recentemente, a rede social é frequentemente acusada de recompensar notícias falsas e teorias da conspiração. O uso dessas informações pessoais também pode ter consequências negativas sérias para toda a sociedade, incluindo desconfiança em vacinas ou a popularização de grupos extremistas.

Continua após a publicidade

Voltando para a Google, espera-se que as medidas de privacidade do Android sejam bem mais leves. Por exemplo, elas não vão exigir que os usuários tenham que permitir ativamente o rastreamento dos seus dados. Além disso, esses recursos ainda estão em estágio inicial de testes, o que significa que a Google pode abandoná-los completamente – e talvez eles nunca cheguem à versão final do Android.

Via: Engadget Fonte: Bloomberg
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Zenfone 8: o menor topo de linha de 2021? Tela de 5.9" e Snapdragon 888

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.