Jeff Bezos, fundador da Amazon, anuncia sua saída da posição de CEO da empresa
Créditos: Reprodução/Amazon

Jeff Bezos, fundador da Amazon, anuncia sua saída da posição de CEO da empresa

O bilionário continuará na empresa, entretanto, atuará a partir do terceiro semestre de 2021 como presidente-executivo do Conselho

O mês de fevereiro começa com uma notícia bombástica no mundo corporativo. Jeff Bezos, conhecido por todos como fundador e CEO da Amazon, anunciou hoje (2) sua saída do cargo principal da empresa.

Em e-mail enviado para todos os funcionários da empresa, Bezos confirmou que estará deixando a posição de CEO nos próximos meses, e que a partir do terceiro trimestre desse ano, assumirá o cargo de presidente executivo do conselho da Amazon. Em seu lugar, Andy Jassy, atualmente responsável pela AWS (Amazon Web Services), braço da empresa conhecido pelos serviços de computação na nuvem, foi escolhido para assumir a posição de CEO da Amazon no futuro.

Em sua carta da despedida, Bezos agradeceu a todos os 1,3 milhões de funcionários que se esforçaram nos últimos anos para tornar a Amazon uma das empresas mais conhecidas do mundo, e comentou sobre o que lhe aguarda para o futuro em sua nova posição na empresa.

Estou animado em anunciar que no terceiro trimestre vou ocupar o cargo de presidente executivo do conselho de diretores da Amazon e que Andy Jassy se tornará CEO. Na função de presidente executivo, pretendo concentrar as minhas energias e atenção em novos produtos e iniciativas que estão começando.

 

Ainda segundo Bezos, essa mudança também lhe permitirá focar em outros projetos da qual é responsável, como a sua empresa espacial Blue Origin, o jornal "The Washington Post", da qual é um dos proprietários, além da Bezos Earth Fund, fundo de investimento criado para incentivar práticas sustentáveis ao redor do mundo.

28/01/2021 às 18:19
Notícia

Apple, Amazon e Google lideram ranking das marcas mais valios...

A Apple ultrapassou a Amazon e registrou um crescimento de 87% em relação ao ano anterior

Fundada em 1994, a Amazon surgiu pelas mãos de Jeff Bezos inicialmente como uma livraria online, e logo começou a ter um crescimento exponencial, chegando ao ponto que em 1999 a empresa já tinha receita de US$ 1,6 bilhão com vendas anuais. Ao longo dos anos, a empresa expandiu seus negócios para diversas áreas, e seus ganhos tornaram Bezos um dos homens mais ricos do mundo (atualmente, ele ocupa a segunda posição nessa lista, atrás apenas de Elon Musk).

Continua após a publicidade

Atualmente, a Amazon está avaliada em cerca de US$ 1,7 trilhão na bolsa de valores americana Nasdaq. Hoje, a empresa também divulgou seus resultados para o quarto trimestre de 2020 e para o acumulado do último ano, da qual revelou que superou pela primeira vez a casa dos US$ 100 bilhões em vendas em um trimestre.

Via: CNN Brasil, NY Times, InfoMoney Fonte: Amazon
User img

Pedro Henrique

Hands-on do Moto G60: câmera de 108MP, tela de 120Hz e bateria de 6.000 mAh são os destaques

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.