Joe Biden deve manter bloqueio comercial a empresas como Huawei e ZTE

Joe Biden deve manter bloqueio comercial a empresas como Huawei e ZTE

Novo presidente norte americano deve seguir os passos de Trump e manter algumas empresas chinesas fora do seu território

Com a nomeação do novo Presidente dos Estados Unidos Joe Biden, o mundo da tecnologia está esperando para ver qual a postura dele em relação aos bloqueios a empresas chinesas, imposto pela administração de Donald Trump. Mas as notícias podem não ser muito animadoras para empresas como Huawei e ZTE, isso porque o governo Biden garantiu que quer proteger as redes de telecomunicações estadunidenses das empresas chinesas.

19/01/2021 às 15:19
Notícia

Donald Trump ordena avaliação dos riscos de segurança de dron...

Agências americanas devem priorizar a remoção de drones fabricados na China das frotas do governo

Gina Raimondo, nova chefe do Departamento de Comércio dos Estados Unidos, realizou uma declaração para o Comitê de Comércio do Senado dos Estados Unidos no começo desta semana. Ela se comprometeu em manter algumas empresas da China na lista negra do comércio econômico.

““Eu usaria todo o kit de ferramentas à minha disposição na medida do possível para proteger os americanos e nossa rede da interferência chinesa ou de qualquer tipo de influência secreta”
- Afirmou Gina Raimondo.

Na sua declaração, Gina afirmou que pretende se manter firme contra o país asiático, mantendo até uma posição agressiva caso precise. Ela também reclamou das ações anticompetitivas realizadas pela China, se referindo ao setor de aço e alumínio, e que faria o possível para “nivelar o campo de jogo”.

Como parte das ações do governo estadunidense contra empresas chinesas, recentemente o Congresso dos Estados Unidos aprovou uma ação de 1,9 bilhão de dólares para substituição de equipamentos de comunicação da ZTE e Huawei das suas redes.

16/01/2021 às 20:37
Notícia

Governo brasileiro não deve mais banir a Huawei do leilão do ...

As informações foram obtidas exclusivamente pelo jornal Estado de S. Paulo

Continua após a publicidade

Mas durante a sua declaração, Raimondo não se comprometeu em manter a Huawei  na lista negra de empresas. Sobre esse caso em específico ela afirmou ao Comitê de Comércio do Senado que “revisaria a política, consultaria vocês, consultaria a indústria, consultaria nossos aliados e faria uma avaliação sobre o que é melhor para a segurança nacional e econômica americana.”

Em resposta direta a fala evasiva da nova chefe do Departamento de Comércio dos Estados Unidos, o principal nome republicano no Comitê de Relações Exteriores da Câmara, Michael McCaul, e o senador republicano Ben Sasse criticaram as falas de Gina.  “A Huawei ainda é a marionete da tecnologia do Partido Comunista Chinês e uma séria ameaça à segurança nacional”, afirmou Ben Sasse.

Via: Gizmochina Fonte: Reuters
User img

Willian Vieira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Celular GAMER barato? Testamos o Black Shark 4, o custo-benefício da Xiaomi

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.