GoPro funcional é encontrada depois de 6 anos no mar - Veja vídeo
Créditos: Reprodução/KHON2News

GoPro funcional é encontrada depois de 6 anos no mar - Veja vídeo

A câmera foi resgatada em um mutirão para remover o lixo do mar do Havaí

Leitura Rápida

  • Uma ONG encontrou uma GoPro em um mutirão de limpeza
  • A câmera ainda é totalmente funcional, inclusive seu cartão de memória
  • O último registro foi compartilhado no Facebook, para encontrar o possível dono
  • Ele foi identificado e é Nainoa Kamai, na época com 18 anos
  • Depois de quase sete anos sob a água, o dono da câmera diz que irá trocar a bateria e usar a câmera antiga

Um mutirão para limpar o mar do Havaí encontrou mais do que apenas lixo. Uma das voluntárias da organização sem fins lucrativos Oceans Defenders Alliance encontrou uma GoPro, com o último registro feito em 2014. A câmera e o cartão de memória ainda são funcionais, mesmo depois de quase sete anos embaixo da água. 

A responsável pela descoberta foi Rose Zhang. Ela removeu a câmera do oceano e viu que o cartão de memória ainda funcionava. Então, decidiu publicar em seu Facebook o último registro feito pela câmera. Nele, um jovem pulava de pedras no mar. 

O vídeo chegou ao dono do registro, identificado como Nainoa Kamai. Na época da filmagem ele tinha 18 anos e, estava se divertindo com seus amigos em uma formação rochosa havaiana, chamada de Cabernas Spitting. 

A publicação chegou até Nainoa via os comentários da publicações. Várias pessoas começaram o marcar na postagem, até que ele se reconhecesse no vídeo. "Comecei a receber várias mensagens deste vídeo meu de seis anos atrás e eu estava tipo: o que é isso?" Ele também comenta que, depois de rever a captura pensou "não acredito que alguém achou a GoPro". 

A câmera voltou ao dono e ainda está funcionando. Apesar de já ter adquirido outra, Nainoa irá usar a câmera antiga com uma nova bateria. Toda a história foi relatada no jornal local, que mostra os vídeos encontrados no cartão de memória. Veja no vídeo abaixo:

Continua após a publicidade

Vale destacar que, apesar de ser acidentes, o cuidado precisa ser redobrado ao usar equipamentos eletrônicos no oceano. Esses dispositivos possuem diversos materiais poluentes à água e levam muito tempo para se decompor. É possível ver pelo vídeo que, depois de seis anos, a câmera permanecia perfeita. Todos os equipamento eletrônicos precisam de um destino adequado. Vale amarrar algumas cordas de segurança para manter câmeras e outros dispositivos consigo e não em contato com a natureza por longos períodos. 

Via: Uol
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Zenfone 8: o menor topo de linha de 2021? Tela de 5.9" e Snapdragon 888

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.