Huawei pode acabar vendendo suas principais marcas Mate e P, segundo rumor
Créditos: mobiFlip

Huawei pode acabar vendendo suas principais marcas Mate e P, segundo rumor

Empresa não teria esperança de que nova gestão dos EUA vai suspender seus bloqueios

A Huawei estaria considerando vender duas de suas principais marcas de celular, segundo rumores vindos da Reuters. A fabricante chinesa estaria no início de negociações para vender a linha Mate e a linha P para um consórcio de empresas de Xangai, lideradas por companhias com investimento estatal. Apesar da conversa não ter avançado muito do início, ela já acontece há meses de acordo com as fontes da Reuters.

A fabricante chinesa parece estar resistente a um fechamento do contrato de venda de suas principais séries, o que não é pra menos. As marcas Mate e P arrecadaram US$ 39,7 bilhões no período de um ano, entre os terceiros trimestres de 2019 e 2020, de acordo com o IDC. Vender a "galinha dos ovos de ouro" pode acabar se provando um erro a longo prazo, mas a realidade da Huawei é que a empresa precisa de soluções imediatas para sequer chegar nesse prazo.

A empresa, que estava num sucesso meteórico, sofreu um ferimento quase fatal quando o governo Trump estabeleceu intensas restrições de comércio entre companhias dos EUA com a chinesa. Agora a Huawei não consegue estancar o sangramento, que na verdade só aumenta, já que essas restrições impactaram até na sua capacidade de fazer encomendas com a TSMC, que é uma fabricante taiwanesa de chips, mas que usa tecnologias dos EUA.

16/11/2020 às 22:37
Notícia

Oficial: Huawei vende a marca de smartphones Honor

A informação foi confirmada pela Agência Reuters, que também havia indicado os rumores iniciais

Segundo o rumor, a companhia não tem esperanças de que a nova administração Biden vai suspender essas restrições, então continua buscado medidas para se tornar autossuficiente. Tanto na parte de hardware com seus processadores Kirin, como na parte de software com seu sistema operacional Harmony OS. Mas a empresa precisa se manter funcionando até conseguir, o que resultou na venda da sua imensa marca Honor.

Agora as marcas Mate e P podem ser as próximas, mas as próprias fontes que falaram da negociação para a Reuters levantam a hipótese da Huawei desistir e acabar não vendendo. Contatada para comentar sobre os rumores, a Huawei fez a seguinte declaração, através de um porta-voz:

Continua após a publicidade
Fonte: Reuters
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.