Mudanças na DJI nos EUA: equipe de vídeos é demitida e executivo pede para sair
Créditos: DJI

Mudanças na DJI nos EUA: equipe de vídeos é demitida e executivo pede para sair

Líder de pesquisa e desenvolvimento da empresa nos EUA volta para sua terra natal

A DJI está passando por grandes reestruturações em suas equipes nos EUA enquanto tenta fazer um replanejamento de sua presença no país. Na mesma semana a empresa mandou embora todo seu time de produção de vídeo em Los Angeles e um executivo do alto escalão da empresa pediu demissão. Os dois eventos não parecem estar diretamente relacionados, mas têm a ver com o período que a companhia passa enfrentando as restrições que a terra do Tio Sam tem criado contra companhias chinesas.

As reformas da DJI ganharam o apelido de "longo março" e a demissão da equipe de vídeos foi parte desse processo. Comentando sobre essa saída em específico, a empresa declarou ao DroneXL o seguinte:

A companhia segue em seu esforço para não deixar sinalizar de maneira alguma uma possível saída ou redução de operações nos EUA, mesmo enquanto faz demissões de sua equipe.


(Reprodução/DroneXL)

Logo na mesma semana, Hai Vo, líder de pesquisa e desenvolvimento da DJI nos EUA, pediu demissão para voltar à sua terra natal, o Vietnã. O executivo já trabalhava há algum tempo na produtora de drones, tendo começado como um desenvolvedor Android e gerente de engenharia sênior antes de ser promovido à liderança de toda equipe de pesquisa e desenvolvimento. Ele trabalhava em Palo Alto.

A saída de Hai Vo foi noticiada primeiro como um vazamento, mas a DJI confirmou oficialmente que o executivo deixa a empresa. Apesar da confirmação, não foram divulgados motivos específicos para ele ter pedido demissão. E o silêncio pode ser mau sinal, já que Hai Vo entra para uma lista de outros executivos do alto escalão deixando as operações da DJI nos EUA.

Fonte: DroneXL, DroneXL
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Hands-on do Moto G60: câmera de 108MP, tela de 120Hz e bateria de 6.000 mAh são os destaques

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.