Geofísico aponta falhas no plano de Elon Musk de cavar túneis em Miami
Créditos: Wikimedia Commons

Geofísico aponta falhas no plano de Elon Musk de cavar túneis em Miami

Características do solo da cidade tornam empreitadas do tipo quase impossíveis

O geofísico Mika McKinnon apontou uma série de falhas no plano de Elon Musk para cavar túneis em Miami, como a sua empresa The Boring Company tem feito em várias outras cidades dos Estados Unidos. Em entrevista ao site Curbed, McKinnon explicou que o solo embaixo da cidade da Flórida é composto de um cárstico de calcário altamente dissolvível, que é cheio de cavidades e cavernas – assim como o solo do oceano.

22/01/2021 às 09:25
Notícia

Elon Musk oferece US$ 100 milhões por nova tecnologia de capt...

O bilionário publicou em sua conta do Twitter a doação mas adicionou que mais detalhes serão divulgad...

Esse seria o motivo pelo qual Miami não possui um sistema de metrô, e também porque a grande maioria das casas da cidade não tem porões. Essa característica geográfica também faz com que a cidade seja particularmente suscetível a inundações.

Por causa disso, ela necessita de um complexo sistema de bombeamento apenas para garantir que suas ruas são navegáveis por carros. Isso mesmo em épocas em que não há grandes tempestades na região.

"É a capital dos buracos nos Estados Unidos, vamos começar por aí. Se você quer ter um túnel, é necessário bombear água para fora do buraco conforme você vai cavando. E quando você chega numa caverna ou fura uma cavidade, isso muda a pressão. É como colocar o seu carro no ponto morto enquanto você está numa autoestrada".
Mika McKinnon, geofísico e pesquisador de desastres


Fonte: Wikimedia Commons

Toda essa polêmica começou quando, no último fim de semana, Elon Musk disse que teve uma conversa com o governador da Flórida, Ron DeSantis. O assunto teria sido exatamente o projeto da The Boring Company de construir túneis pequenos e curtos para carros.

"Carros e caminhões presos no tráfego geram megatoneladas de gases tóxicos e particulares, mas os túneis da The Boring Company sob Miami iriam resolver o tráfego e ser um exemplo para o mundo. Se o governador e o prefeito querem fazer isso, vamos fazê-lo".
Elon Musk, CEO da The Boring Company, em seu perfil do Twitter

Continua após a publicidade

Logo após Musk postar sobre o assunto em sua conta pessoal no Twitter, o prefeito da Flórida, Francis Suarez, respondeu quase imediatamente. "Conte comigo", disse o prefeito, por volta das 4h da manhã em horário local. Segundo ele, o plano de Elon Musk seria bom demais para recusar.

O que não foi mencionado são os custos astronômicos para um projeto do tipo. Um túnel de 1,6 km no porto de Miami, por exemplo, custou US$ 1 bilhão (R$ 5,4 bilhões). Também ficaram questionamentos sobre o risco de colapso das construções que estão na superfície. Até agora, nenhuma autoridade se pronunciou sobre essas questões.

Via: Curbed
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Zenfone 8: o menor topo de linha de 2021? Tela de 5.9" e Snapdragon 888

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.