Elon Musk oferece US$ 100 milhões por nova tecnologia de captura de CO2
Créditos: Steve Nesius / Reuters

Elon Musk oferece US$ 100 milhões por nova tecnologia de captura de CO2

O bilionário publicou em sua conta do Twitter a doação mas adicionou que mais detalhes serão divulgados na próxima semana

Se a conta de luz está mais alta porque está cada mais insalubre não usar aparelhos de ar-condicionado, em grande parte é porque a humanidade, a despeito de todos tratados e inciativas para reduzir a emissão de carbono, continua insistindo em queimar combustíveis fósseis. Apesar de algumas das empresas de Elon Musk, o mais novo homem mais rico do mundo, até tatearem no campo de energias limpas, a contribuição do CEO da Tesla Inc. para combater esse aquecimento global se resume meio que a isso, levando em conta o debate sobre carros elétricos ainda contribuírem para o aquecimento, não na circulação dos veículos mas ao longo de sua fabricação apenas transferindo sua poluição para países economicamente periféricos.

Ao menos se resumia a isso até uma postagem recente de Elon Musk em sua conta do Twitter.

Enquanto outros bilionários já possuem diversos projetos filantrópicos, Elon Musk até então não se aventurava muito nessa área, mas ainda assim está oferecendo um prêmio em caráter de doação no valor de US$ 100 milhões para quem desenvolver a melhor nova tecnologia para captura de carbono da atmosfera. 

Os detalhes para concorrer ao prêmio, bem como as possíveis linhas finas para, quem sabe, a aquisição da patente e produção da tecnologia, vão ser divulgadas na próxima semana, mas, linhas finas ou não, o montante oferecido por Elon Musk é cinco vezes o valor oferecido em 2018 pela X-Prize em uma competição similar, além de configurar a maior quantia isolada oferecida pelo bilionário a algum tipo de projeto filantrópico. Diversos centros de pesquisa e empresas com setores de P&D vêm de maneira crescente se voltando a projetos que busquem reduzir a, ainda crescente, pegada de carbono que a humanidade vem deixando no planeta, e é reconfortante perceber que empresas da magnitude da Tesla Inc. estejam de olho nisso também. 
 

Via: Engadget
User img

Daniel Trefilio Carvalho

Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas em 2013, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes.

Celular GAMER barato? Testamos o Black Shark 4, o custo-benefício da Xiaomi

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.