LG está considerando sair do ramo de smartphones em 2021
Créditos: Reprodução/ TV Vanguarda

LG está considerando sair do ramo de smartphones em 2021

Depois de anos com prejuízos, CEO fala sobre possibilidade de parar a fabricação

Leitura Rápida

  • Um novo comunicado para os funcionários confirma que a LG fará mudanças no ramo de smartphones em 2021
  • Segundo fontes não identificadas, 60% da equipe será redirecionada para outros setores da companhia
  • A LG ainda confirmou que está fazendo alterações, mas informa que ainda não há uma decisão final sobre o fim dos negócios

Novos relatórios indicam que a LG está finalmente abandonando a divisão de dispositivos móveis. O CEO da LG, Kwon Bong-seok, notificou os funcionários que a empresa está considerando fazer grandes mudanças em seu negócio de smartphones. Ele também menciona fazer um "julgamento frio".

Nos últimos cinco anos a empresa perdeu aproximadamente US$ 4,5 bilhões com a divisão. Apesar de alguns alto e baixos, a companhia nunca conseguiu recuperar as perdas. Além disso, não consegue se colocar no mercado, ficando atrás das concorrentes. Atualmente, menos de 2% dos dispositivos ativos são da LG, em todo o mundo. 

Havia a especulação há anos sobre a possibilidade da empresa abandonar a divisão. Parece que, em 2021, esse rumor irá se concretizar. Apesar disso, a empresa ainda não confirmou a informações e não fez nenhuma comunicado oficial para os seus clientes. As informações ainda são de fontes internas, não identificadas.

Procurados pelo site The Verge, a LG confirmou a autenticidade do comunicado. Apesar disso, não confirmou exatamente quais são os planos para este ano.  “A administração da LG Electronics está comprometida em tomar qualquer decisão necessária para resolver seus desafios de negócios móveis em 2021”, informou um porta voz. Finalizou destacando que nenhuma decisão foi feita até o momento. “Até hoje, nada foi finalizado.”

Já se sabe que a LG prometeu aos seus funcionários que 60% da equipe será remanejada na própria empresa. A companhia irá redistribuir seus colaboradores em outros setores, fazendo com que eles mantenham seus empregos. Ainda não está explicado o que será feito com os demais 40% da equipe.

Continua após a publicidade

É possível que a LG decida focar em algum nicho mobile específico. Assim, seriam mantidos 40% dos funcionários, com uma equipe de desenvolvimento e produção reduzida. Ainda seria possível enviar alguns modelos por ano ao mercado, de forma bastante direcionada.

23/11/2020 às 15:53
Vídeo

Os novos SMARTPHONES da LG: K52, K62 e K62+ [Unboxing]

Conheça os celulares de quatro câmeras da LG e veja o que prometem

A principal concorrente da LG seria a Samsung. Apesar disso, as duas nunca conseguiram ter as vendas nem próximas uma da outra. Com a entrada de marcas chinesas - Xiaomi, Huawei, Oppo, Vivo e muitas outras -, com custos menores e qualidade igual, ou superior, a empresa perdeu ainda mais clientes.  

No passado, a LG já havia prometido lançamentos "surpreendentes". É possível que a empresa mantenha a divisão para continuar atualizando e entregando o desenvolvimento já feito, até então. A empresa também confirmou que seu dispositivo Rollable será lançado ainda em 2021.

Ainda não é possível saber se este será o último dispositivo apresentado pela companhia. É necessário aguardar decisões internas, além de um comunicado oficial sobre o futuro da divisão mobile.

Via: The Verge, Engadget
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Celular GAMER barato? Testamos o Black Shark 4, o custo-benefício da Xiaomi

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.