Donald Trump ordena avaliação dos riscos de segurança de drones chineses em uso nos EUA
Créditos: Reprodução/Andy Abeyta/The Gazette/Associated Press

Donald Trump ordena avaliação dos riscos de segurança de drones chineses em uso nos EUA

Agências americanas devem priorizar a remoção de drones fabricados na China das frotas do governo

Donald Trump deixará o cargo de Presidente dos Estados Unidos no próximo dia 20 de janeiro, mas isso não o impediu de assinar uma nova ordem executiva no dia 18 orientando as agências americanas a priorizar a remoção de drones fabricados na China das frotas do governo americano e avaliar quaisquer riscos à segurança que estes drones possam representar.

18/12/2020 às 16:38
Notícia

DJI, assim como Huawei, entra na lista negra dos EUA

Principal acusação envolve "violações dos direitos humanos", segundo o Departamento de Comé...

Além de drones fabricados na China, como os da DJI, a ordem executiva assinada na última segunda-feira também se aplica aos drones fabricados em outros países considerados como “inimigos" dos Estados Unidos. A notícia não chega a ser necessariamente uma surpresa, já que a DJI foi incluída recentemente na Lista de Entidades do Departamento de Comércio dos EUA. A inclusão da empresa nesta lista significa que ela não poderá exportar tecnologia desenvolvida nos Estados Unidos sem uma licença específica.

Os motivos alegados pelo governo americano para a inclusão da DJI na lista incluem “facilitação da exportação de itens pela China que ajudam regimes repressivos em todo o mundo”, “violação de direitos humanos na China através de coleta e análise genética abusiva” e “vigilância de alta tecnologia” (provavelmente drones).


Reprodução/Getty Images

Antes da inclusão na lista, a DJI foi alvo de outras alegações de que seus drones transmitem dados para o governo chinês. A empresa sempre negou este tipo de coisa e disse que membros do governo americano fazem acusações completamente sem provas.

Por causa das acusações de “espionagem”, agências governamentais dos Estados Unidos passaram a analisar os drones da DJI em busca de irregularidades. Outro resultado das acusações feitas contra a empresa chinesa é que seus drones não podem mais ser comprados ou usados por agências federais dos EUA.

Em resposta à sua inclusão na Lista de Entidades em dezembro passado, a DJI disse estar decepcionada com o Departamento de Comércio dos Estados Unidos e que não fez nada que justificasse sua inclusão nesta lista. Saiba mais aqui

Continua após a publicidade

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Reuters, DroneDJ
User img

Fabio Rosolen

Vem aí as Smart TVs 4K baratinhas da Amazon! O que esperar? Fire TV OS + Prime Video + Alexa

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.