Ford encerra produção de carros no Brasil
Créditos: Ford Brasil

Ford encerra produção de carros no Brasil

Decisão faz parte de reestruturação global da empresa, que busca se adequar à nova realidade do setor

Leitura Rápida

  • Ford encerra produção de carros no Brasil e investirá na Argentina
  • Decisão faz parte de plano de reestruturação global profunda, causando demissões no mundo todo
  • Setor tem passado por dificuldades devido a altos custos e mudanças tecnológicas

A montadora Ford anunciou nesta segunda-feira o encerramento das atividades em suas fábricas no Brasil. A decisão faz parte de um plano de reorganização global da empresa e já foi colocada em prática.

Após o fechamento em 2019 da fábrica de São Bernardo do Campo - SP, as unidades Camaçari - BA e Taubaté - SP seguirão o destino, afetando 5.000 empregos. As atividades administrativas e de pesquisa e desenvolvimento seguem operando em solo nacional.

Com isso, a Argentina é confirmada como opção para produção voltada para a América do Sul e receberá um programa de investimentos de US$ 580 milhões.

Sofrendo por resultados financeiros decepcionantes e mudanças tecnológicas, o setor automobilístico tem se mexido para se adequar a uma realidade de produção mais flexível e novos paradigmas energéticos. Nesse caminho, tem se destacado quem demonstra conseguir oferecer soluções mais aptas à nova era dos automóveis.

A Apple já se apresenta como concorrente no segmento, e o veículo da marca da maçã ficou mais próximo de se tornar realidade nos últimos dias. A Hyundai confirmou que a empresa de tecnologia tem buscado parceria com montadoras tradicionais, elevando a cotação de suas ações em quase 20%.

Continua após a publicidade

(Conceito para carro da Apple - Créditos: LetsGoDigital e @CConcept Creator)

Enquanto isso, a Volkswagen segue trabalhando em redução de custos e tornando os investimentos em carros elétricos possíveis.

Por sua vez, o CEO da Ford já vem demonstrando interesse em setores ricos em tecnologia antes mesmo de tomar posse como número 1 da empresa. Ele mencionou em 2014 a importância de avanços em veículos elétricos, gerenciamento de frotas e a tecnologia de carros autônomos.

Entretanto, a empresa que demonstra maior potencial competitivo é a Tesla Motors. A montadora tem apresentado superioridade tecnológica no segmento de carros elétricos, e as antigas críticas à sua capacidade produtiva têm sido respondidas com resultados.

Entregando quase 500.000 carros em 2020, a companhia de Elon Musk planeja quase dobrar a produção em 2021. Para tornar possível o crescimento contínuo, a empresa já anunciou novas fábricas na China e na Alemanha.

O avanço da Tesla e a importância cada vez maior do segmento alavancaram Elon Musk ao posto de pessoa mais rica do mundo. O bilionário ultrapassou Jeff Bezos e tem patrimônio avaliado em US$ 209 bilhões.

Fonte: Valor Econômico
User img

Odir Brüggmann Filho

MI 11 PRO e ULTRA! TUDO sobre os NOVOS celulares da XIAOMI

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.