Créditos: Divulgação/LG

TVs LG 2021: novas OLEDs EVO trarão mais brilho e QNED MiniLED com maior contraste

LG promete evolução em todo o portfólio de TVs OLED e LCD - com chegada dos Mini LEDs

A LG acaba de anunciar as principais mudanças nas tecnologias que irão equipar as suas TVs em 2021. A empresa coreana já havia queimado a largada antes da CES, e anunciado no fim de 2020 a chegada da QNED, sua tecnologia para TVs LCD premium em 2021 baseada em MiniLED. Hoje a empresa anunciou a OLED EVO, uma evolução das telas OLED, detalhou também o WebOS 6, a nova versão do sistema operacional de suas TVs, e deu um gostinho do que esperar em cada linha de produto. 

LG QNED MiniLED

LG QNED é a tecnologia de Mini LEDs que irá equipar alguns televisores da linha Nanocell em 2021. A tecnologia combina nano células / pontos quânticos e um painel de retro iluminação baseado em Mini LEDs, ao invés dos LEDs de tamanho tradicional.

Os LEDs diminuem de tamanho, mas eles são muitos! O seu poder está nos números: aproximadamente 30.000 Mini LEDs devem equipar o modelo Nanocell QNED de 86 polegadas. Hoje as TVs com tela LCD mais premium do mercado usam tecnologia de Full Array Local Dimming (FALD), ou seja, possuem um painel traseiro para retro iluminação da tela por zonas. A maior parte das TVs que chega ao Brasil tem menos de 100 dessas zonas de iluminação, com a QNED, a LG promete até 2.500 zonas de iluminação, uma grande evolução que já vem sendo usada pela TCL desde 2020 (nos Estados Unidos) e anunciada durante a CES pela Samsung.

Mas por que isso é importante? Com mais LEDs, as TVs baseadas em Mini LEDs terão picos de brilho muito maiores, o que permitirá exibir efeitos em HDR dinâmico muito mais imersivos. O maior controle da iluminação da tela permitirá atingir taxa de contraste próxima de 1.000.000:1, resultando em pretos mais profundos e precisos, com maior contraste e maior fidelidade de cores, afinal, você mantém os pontos quânticos e melhora os demais elementos que impactam a experiência.

Alguns problemas relacionados as telas LCD premium equipadas com FALD devem diminuir muito com a chegada dos MiniLEDs. O blooming, uma espécie de auréola que aparece em elementos muito iluminados no primeiro plano quando o fundo é escuro, deve ser totalmente sanado a chegada da nova tecnologia. Essa falha acontece porque com poucas zonas de iluminação, existe vazamento de luz quando essas imagens estão posicionadas em áreas de transição entre uma zona e outra. Em uma TV com 48 zonas de iluminação esse tipo de problema é muito mais visível que em uma TV com mais de 2.000 zonas.

A linha LCD premium 2021 deve trazer modelos com e sem MiniLED, modelos de entrada não devem trazer a nova tecnologia, com os produtos mais premium (e caros) trazendo a combinação de QNED com as nano partículas, em formatos de tela variados e resoluções 4k e 8k, uma aposta da LG. Até o momento foram anunciadas as linhas QNED99, QNED95 e QNED90, assim como as NANO99, NANO95, NANO90 e NANO85, porém ainda não temos as características de cada modelo, bem como a lista de modelos que virá para o Brasil.

Continua após a publicidade

LG OLED EVO

Considerada hoje a melhor tecnologia do mercado, as telas OLED já trazem pretos perfeitos e ótimo ângulo de visão. Com a chegada das novas telas OLED EVO, a promessa é o aumento dos picos brilho saindo dos 800 nits na linha 2020 para cerca de 1000 nits na linha 2021, possibilitando melhores efeitos em HDR, principalmente em áreas muito iluminadas.

A princípio a tecnologia OLED EVO deve chegar apenas para as OLEDs da série G1, justamente para diferenciá-las da serie C, mais acessível e que agora deve passar a se chamar C1. A serie G1 deve vir com telas de 55, 65 e 77 polegadas. Já a linha C1 deve começar com um modelo de 48", até um modelo de 83 polegadas, mesmo tamanho já anunciado pela Sony para 2021, ambos os painéis fabricados pela LG Displays, uma unidade de negócios que fabrica e vende telas OLED pra toda a indústria

Em comum ambas as linhas (C1 e G1) terão processamento de imagem com o processador Alpha 9 de 4ª geração
alfa 9 4 geração, com capacidade de analisar a cena que está sendo exibida e melhorar a imagem usando deep learning, através da combinação de um bando de imagens com algoritmo.

O novo processador também promete a melhora do áudio, usando o sistema 2.2 presente na TV para entregar um som virtual surround 5.1.2. Todas com suporte a Dolby Atmos, claro.

Já para os consumidores em busca de uma OLED mais "de entrada", a série B1 continua sendo a melhor opção e deve trazer um processador mais econômico no Alfa 7 de 4ª geração, mas mantém as principais features das linhas C1 e G1, tais como 4K HDR a 120Hz, HDMI 2.1 possibilitando refresh rate variável (VRR), G-Sync, FreeSync, baixo tempo de reposta, baixa latência (input lag), além de suporte a Dolby Vision e Atmos. 

Durante a CES, em outro evento, a LG Displays anunciou que começará a fabricar uma tela OLED de 42". Importante frisar que a LG Displays e LG Electronics são unidades de negócios distintas dentro da mesma empresa, mesmo assim, um modelo OLED de 42" pode chegar em algum momento de 2021. Fica a torcida para que seja na linha B1, tornando essa linha mais acessível.

WebOS 6: totalmente redesenhado

Continua após a publicidade

E se hoje o WebOS talvez seja o meu sistema operacional para TVs preferido, a primeira impressão do WebOS 6 não foi muito boa. O WebOS 5 é intuitivo, entrega o que você precisa de forma rápida e isso melhora a experiência e dá mais agilidade a navegação.

Com o WebOS 6 sai a barra de aplicativos e atalhos rápido para as principais funções que ocupava uma, no máximo duas linhas na parte de baixo da tela e mantinha o conteúdo visível e entra uma tela inicial que ocupa a tela inteira. 

A LG afirma que a "nova tela inicial permite acesso mais rápido aos apps mais usados e a descoberta de novos conteúdos recomendados baseados nas preferências do histórico do usuário". O que a empresa não enfatiza é o grande card de conteúdo patrocinado no topo, o que vai permitir que serviços de streaming divulguem seus principais filmes e séries entre outros serviços. Só espero que possamos desabilitar essa opção via Menu.

Já o controle remoto Smart Magic não ganhou células solares como o controle da Samsung, mas a LG incorporou botões dedicados para 03 serviços de streaming, facilitando acesso ao Netflix, Prime Video, Disney Plus e ao LG Channels, serviço gratuito com canais de TV online da empresa. Também foram adicionados botões dedicados para Alexa e Google Asistente, além da própria ThinQ da LG.

Para os gamers

A LG anunciou a incorporação do Google Stadia e o GeForce Now em suas TVs 2021 de forma nativa. A Google já anunciou que o Stadia chegará para Android TV, ou seja, todas as TVs da SONY também devem receber o Stadia ainda no primeiro semestre. Entretanto até este momento nenhuma menção sobre compatibilidade com a linha 2020 ou inferior. 

Outra função anunciada e bem vinda é a chegada do Game Optimizer, que irá ajustar as especificações que mais impactam a experiência dos usuários, incluindo aí refresh rate, resolução, input lag, entre outras, de acordo com o tipo de game que você estiver jogando. Aliás, os gamers parecem ser a bola da vez com a chegada do HDMI 2.1 e novos consoles, afinal a Samsung apresentou recentemente o Game Bar, uma iniciativa similar.

Ainda não há nenhuma informação sobre preço e disponibilidade dos produtos. Mais novidades sobre o lineup de TVs da LG para 2021 devem ser divulgados em breve.

User img

Jacson Boeing

Apaixonado por tecnologia, gadgets e pelo universo geek em geral, Jacson Boeing é sócio-fundador e Editor do Adrenaline, onde desenvolve um trabalho de bastidores, desenvolvendo parcerias e formas criativas de dominar o universo! Fora os sonhos ambiciosos, também ajuda no desenvolvimento de pautas e escreve esporadicamente sobre tecnologia, além de viajar para cobrir in-loco alguns eventos internacionais considerados importantes dentro da estratégia de expansão do Adrenaline.

Samsung GALAXY S21, S21 PLUS e S21 ULTRA lançados: confira os PRINCIPAIS DESTAQUES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.