App de mensagens Signal bomba depois de sugestão de Elon Musk e retweet de Jack Dorsey
Créditos: Olhar Digital

App de mensagens Signal bomba depois de sugestão de Elon Musk e retweet de Jack Dorsey

Servidores do aplicativo estão lotados pelo volume de pessoas criando contas no app

O Signal é um dos muitos aplicativos de mensagens encriptadas que competem diretamente com o WhatsApp. E na última semana o app recebeu um belo "incentivo" na sua difícil luta contra o gigante do Facebook: o apoio de Elon Musk, criador da Tesla, e de Jack Dorsey, CEO do Twitter. Graças a um simples tweet, o app está recebendo milhares de novos usuários - tantos que seus servidores estão tendo dificuldades para lidar.

O tweet em questão partiu de Musk, que já criticou as práticas de coleta de dados do Facebook em mais de uma oportunidade. Com revisões recentes na política de privacidade do WhatsApp, que determinam que mais dados serão recolhidos dos usuários para a empresa de Mark Zuckerberg, o dono da Tesla foi ao Twitter falar de suas frustrações, como costuma fazer. Ele enviou o tweet abaixo, que diz apenas "Usem o Signal". 

O post foi replicado por Jack Dorsey, o próprio chefe do Twitter. Elon Musk sozinho já tem quase 42 milhões de seguidores, enquanto Dorsey alcança os 5 milhões - um número bem menor quando comparamos à celebridade da tecnologia, mas ainda um volume impressionante de pessoas sendo também expostas à sugestão.

Dorsey, inclusive, mais tarde twittou uma captura de tela do Signal alcançando o topo dos apps gratuitos mais baixados na App Store.

Tanto o Signal como o WhatsApp trabalham com mensagens encriptadas, mas a diferença é que o Signal tem toda uma proposta de proteger a identidade do usuário que o WhatsApp não tem. O app do Facebook se limita a manter o conteúdo de suas mensagens privado, mas recolhe informações sobre sua localização, tempo de uso, uso de dados, etc. e as envia ao Facebook. O Signal, por sua vez, se compromete a não recolher os dados e ainda oferece diversas configurações de privacidade dentro do app. Ele está disponível no Android e iOS.

Fonte: CNET
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

ANÁLISE: Drone DJI Mini 2 - 4K, até 31 minutos de voo e 10Km de distância, precisa mais?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.