Estimativa aponta que Apple fez US$ 64 bilhões com a App Store em 2020
Créditos: TechCrunch

Estimativa aponta que Apple fez US$ 64 bilhões com a App Store em 2020

Um crescimento considerável em relação aos US$ 50 bilhões de 2019

A App Store pode ter conseguido o rendimento total de US$ 64 bilhões (R$ 346 bilhões) durante o ano de 2020, segundo estimativas da CNBC. O valor chama a atenção não só pelo volume, mas também pelo crescimento em relação ao ano de 2019, se os números estiverem corretos. As estimativas para 2019 são de que a Apple teria conseguido US$ 50 bilhões com a App Store, o que significaria um crescimento de quase 30% de um ano pra outro.

A Apple não divulga números oficiais sobre quanto dinheiro está conseguindo com a App Store. Em vez disso, a empresa prefere dizer quanto dinheiro tem pagado aos seus desenvolvedores desde 2008. Baseando-se nesse valor, e calculando a fatia de 30% que a Apple tira de todos os ganhos de aplicativos vindos da App Store, a CNBC estima o valor final que a loja de apps pode ter obtido. É uma estimativa bem aproximada, ainda mais levando-se em conta que recentemente a Apple estipulou uma nova regra de tirar apenas 15% de desenvolvedores que fazem menos de US$ 1 milhão ao ano. Mas é o número mais próximo que podemos ter da informação.

18/11/2020 às 14:19
Notícia

Apple reduzirá para 15% sua comissão sobre aplicativos comerc...

Isso vale apenas para desenvolvedores que ganham até US$ 1 milhão por ano

Mesmo com as possíveis flutuações, fica nítido o crescimento considerável em relação a 2019. Ainda mais levando-se em conta que de 2018 para 2019 a estimativa é que a renda da App Store tenha crescido apenas 3,1%.

Como não temos informações oficiais da Apple sobre o assunto podemos apenas especular o que causou um crescimento tão grande na renda da loja em 2020. E claro que um motivo que faria muito sentido para isso seria a quarentena por causa da pandemia do COVID-19.

Com as pessoas tentando ficar em casa na maior parte do tempo ao redor do mundo, aumentaram os investimentos feitos em várias ferramentas virtuais, desde jogos a aplicativos voltados para aumentar a produtividade em casa e até apps para exercícios. Aplicativos de comunicação também se tornaram indispensáveis para quem trabalha em casa, e muitos deles oferecem recursos premium para quem paga, incluindo o Zoom.

Via: The Verge Fonte: CNBC
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

MI 11 PRO e ULTRA! TUDO sobre os NOVOS celulares da XIAOMI

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.