Drones  estão sendo usados para identificar sintomas da pior doença para plantas cítricas
Créditos: DroneDJ

Drones estão sendo usados para identificar sintomas da pior doença para plantas cítricas

As naves usam IA para verificar se há sintomas antes que as bactérias infectem as safras

A Agrowing, fornecedora de soluções de detecção multiespectral, e a VetorGEO, que trabalha com soluções em Geotecnologia, tem feito uma parceria para usar drones em favor da citricultura. Com seus esforços, as naves não-tripuladas agora permitem identificar árvores infectadas com HLB ou doença de greening que afeta as plantas cítricas.

06/01/2021 às 11:36
Notícia

Pesquisadores usam folhas de abacaxi para criar corpo de drones

Protótipos foram capazes de voar a uma altitude de cerca de 1.000 metros por aproximadamente 20 minutos

A doença de greening é considerada a pior doença de árvores cítricas do mundo. Não é algo confirmado, mas se acredita que tenha origem na China e é caracterizada por provocar desfolha, seca e morte de ramos. O agente causador é uma bactéria que apresenta crescimento limitado ao tecido condutor de seiva elaborada (floema).

Os drones podem detectar sintomas da doença de cima, usando um sensor multiespectral. Como os sintomas começam a aparecer nas plantas a partir dos seis meses a dois anos, os drones usam IA para verificar se há sintomas antes desse espaço de tempo.

A tecnologia é desenvolvida através de imagens da aparência de uma árvore infectada. Depois que isso for feito centenas e até milhares de vezes, a detecção poderá ser mais precisa. No entanto, ainda não há uma cura para essa doença vegetal.

Continua após a publicidade

A Agrowing está atualmente criando uma ferramenta que permitirá escolher a planta ou algoritmo de cultivo correto, enviar o drone e obter os resultados de volta. Espera fazer isso para todos os tipos de plantas e safras, o que permitirá verificar se há problemas em em plantios com rapidez e facilidade.

Via: DroneDJ
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.