Créditos: Reprodução/BlinkAI Technologies

Xiaomi Mi 11 traz aprimoramentos nos vídeos noturnos com IA

A chinesa fez uma parceria com a empresa BlinkAI para melhorar a qualidade dos vídeos

Leitura Rápida

  • A Xiaomi confirmou a parceria com a BlinkAI para aprimorar seus vídeos noturnos
  • A parceira desenvolveu aprimoramentos que funcionam com o Snapdragon 888
  • O objetivo é imitar o sistema de visão noturna
  • A empresa publicou alguns teasers de comparativos, mostrando a qualidade das imagens

A Xiaomi anunciou o Mi 11, primeiro smartphone com Snapdragon 888, logo no início de 2021. Recentemente, a companhia anunciou parceria com a BlinkAI Technologies, de Boston, para tornar os vídeos noturnos ainda melhores. As empresas se uniram para usar Inteligência Artificial para melhorar a capturas de vídeos em baixa luz.

O próprio SoC Snapdragon 888, da Qualcomm, já é capaz de fazer capturas em vídeos de altíssima qualidade. Apesar disso, a Xiaomi quis dar um passo adiante, oferecendo ainda mais qualidade aos seus usuários. Esse também pode ser um diferencial importante com as concorrentes, que devem usar o mesmo chip para seus aparelhos. 

Para demonstrar a qualidade das capturas que vão poder ser feitas com o Mi 11, a empresa lançou pequenos teasers, com o comparativo das imagens. Ainda não é possível testar os aprimoramentos feitos pela melhorias do software, mas ele deve estar disponível em breve.

Vale lembrar que o Mi 11 conta com um conjunto triplo de câmeras na traseira. A lente principal é uma lente padrão de 108 MP, combinada com uma grande angular de 13 MP e uma macro de 5 MP, para fazer fotos de detalhes. Essa configuração é aprimorada pelos recursos de software presentes no dispositivo.

05/01/2021 às 11:37
Notícia

Xiaomi Mi 11 supera HUAWEI Mate40 Pro+ e lidera como smartpho...

O aparelho deslanchou na liderança com 708,425 pontos na lista do benchmark

A BlinkAI desenvolveu uma Unidade de Processamento Neural, que funciona no próprio SOC Snapdragon 888. Ele aplica algoritmos de Learn Machine (aprendizado de máquina), mostrando quadros de vídeos com muito ruído, capturados em ambientes com pouca iluminação. 

O processamento das imagens leva milissegundos, quase que imperceptíveis no uso. As melhoras nos vídeos são, segundo a empresa, quase que instantâneas. A BlinkAI ainda menciona que a qualidade das imagens são projetadas para imitar o sistema de visão humano.

Continua após a publicidade

O Mi 11 já deve começar a ser distribuído com o sistema da BlinkAI inserido em seu sistema. O modo "vídeo noturno" deve poder ser acionado sempre que o usuário quiser fazer capturas em baixa luz.

Via: DPReview
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

EXYNOS 2100, DuckDuckGo, EUA vs Huawei e Elon Musk DE NOVO no CONECTADO! #12

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.