Novo dispositivo integrado com Alexa poderá detectar apneia do sono
Créditos: ConQuist

Novo dispositivo integrado com Alexa poderá detectar apneia do sono

Sob o codinome "Projeto Brahms", a Amazon estaria desenvolvendo um aparelho capaz de analisar o sono dos usuários

Segundo os sites Business Insider e The Verge, a Amazon está desenvolvendo um novo aparelho integrado com a assistente virtual Alexa que será capaz de rastrear e monitorar sinais de apneia do sono.

04/01/2021 às 09:53
Notícia

Amazon compra a Wondery para competir com o Spotify no segmen...

Com a aquisição, a plataforma de podcasts fará parte da Amazon Music

O tamanho do dispositivo será próximo da palma da mão, e o recurso principal para exercer suas funções será o radar de ondas milimétricas (mmWave), que possibilita a identificação dos padrões de sono e respiração dos usuários.

Essa operação servirá para detectar detalhes e sutilezas nos dados relacionados ao sono que podem ser provenientes de paradas respiratórias associadas à apneia do sono.

O projeto recebeu o codinome de “Brahms”, uma possível referência ao compositor Johannes Brahms, que também sofria de apneia do sono. Uma de suas obras mais famosas é Lullaby, uma canção de ninar bastante conhecida.

Possivelmente o novo aparelho deverá ser capaz de se conectar a outros dispositivos e terá um aplicativo dedicado, de acordo com as fontes do Business Insider. As informações divulgadas sugerem que o protótipo é similar a uma almofada hexagonal, que por sua vez é conectada a uma base metálica.

O Business Insider também informa que a Amazon ampliou a equipe responsável pelo Projeto Brahms ao longo de 2020. Em vez de depender de equipes externas, os investimentos na equipe tiveram o objetivo de alavancar o desenvolvimento de aplicativos e nuvem.

Continua após a publicidade


Pocket-lint/Reprodução

Com isso, a Amazon busca evoluir os recursos avançados de machine learning e infraestrutura em nuvem, que podem ser pontos importantes no diagnóstico e análise do sono. A ideia é que haja capacidade de detectar outros distúrbios do sono.

Os investimentos no Projeto Brahms podem indicar uma intenção da Amazon em se aprofundar no ramo da saúde. Mesmo com o anúncio do fechamento da startup Haven recentemente, a Amazon investiu em 2020 em um serviço de prescrição online, o Amazon Pharmacy, além da pulseira fitness Halo.

Fonte: The Verge, Business Insider
User img

Iraci Falavina

Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Iraci é apaixonada por games,principalmente se tiverem uma boa história. Também se interessa por animes e cinema e não recusa uma boa xícara de chá. Editora-chefe do programa de jogos do curso, o Insira a Ficha.

MI 11 PRO e ULTRA! TUDO sobre os NOVOS celulares da XIAOMI

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.