Veja a melhor foto já tirada de um asteroide que vale 70.000 vezes a economia global
Créditos: SlashGear

Veja a melhor foto já tirada de um asteroide que vale 70.000 vezes a economia global

Hubble tira nova foto do 16 Psyche, imenso corpo celeste feito de ferro e níquel

Atualização 08/01: Na verdade é uma imagem conceitual gerada por um artista, que alguns sites colocaram como sendo uma foto oficial, sendo assim não se trata de uma foto real como pode ser confirmado no site da NASA através desse link.


O Hubble capturou recentemente uma nova foto do 16 Psyche, um imenso asteroide que faz parte do cinturão que orbita entre Marte e Júpiter. Poderia ser apenas mais uma foto de um telescópio que captura imagens constantemente, mas o mais interessante aqui é a composição do asteroide: basicamente ferro e níquel, numa quantidade que astrônomos estimam que poderia valer US$ 10 quatrilhões aqui na Terra. Isso é o equivalente a 70.000 vezes a economia somada do mundo todo. E essa é a melhor foto já tirada dele.

O 16 Psyche não é uma descoberta recente. O asteroide foi descrito pela primeira vez há muitos anos, por Annibale de Gasparis. O astrônomo italiano tem os créditos de ter visto o corpo celeste pela primeira vez em 17 de março de 1852. Segundo informações obtidas por anos de pesquisa à distância, estima-se que o 16 Psyche mede 279 km, por 144 km, por 117 km. Ele é um dos maiores entre todos que circulam no cinturão entre Marte e Júpiter e a NASA tem planos de explorar o asteroide mais de perto.

Além da questão divertida de imaginar o quanto US$ 10 quatrilhões poderia significar no nosso mundo, o mais importante sobre a composição do 16 Psyche de ferro e níquel é que o asteroide pode acabar oferecendo insights importantes sobre o núcleo do nosso planeta.

21/06/2020 às 16:29
Notícia

Telescópio Espacial Hubble captura vídeos das nebulosas plane...

Evento é o resultado da perda das camadas mais externas de uma estrela

Isso porque cientistas acreditam que o núcleo da Terra é feito principalmente de metal, coberta pela manta e depois pela crosta. A composição do 16 Psyche leva alguns astrônomos a acreditar que ele poderia ter sido um protoplaneta em formação em algum momento. É possível que durante o processo ele tenha sido atingido por algum outro objeto no espaço e perdeu sua manta e crosta, se tornando um asteroide.

A NASA pretende então mandar uma nave para 16 Psyche. Os planos apontam para agosto de 2022 para o lançamento, e o foguete deve alcançar o asteroide no início de 2026. Ele vai ficar 21 meses em órbita do objeto, mapeando sua superfície e recolhendo informações. A ideia é confirmar se ele poderia ter sido mesmo o núcleo do início de um planeta, e usar isso para entender melhor o nosso também.

Fonte: DIY Photography
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

EXYNOS 2100, DuckDuckGo, EUA vs Huawei e Elon Musk DE NOVO no CONECTADO! #12

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.