Apple patenteia MacBook com carregamento wireless para iPhone, iPad e Watch
Créditos: Foto por Julian O'hayon no Unsplash

Apple patenteia MacBook com carregamento wireless para iPhone, iPad e Watch

Nova tecnologia da empresa pode usar seus notebooks recarregar aparelhos menores

Acompanhar patentes é uma forma de entender o que as grandes empresas pretendem para o futuro dos seus dispositivos. Hoje uma nova patente da Apple chamou bastante a atenção, isso porque o documento mostra um MacBook carregando um iPhone, iPad e Apple Watch sem precisar utilizar nenhum fio. Esse recurso seria capaz de não só dar carga para outros aparelhos, mas também carregar o próprio notebook da empresa.

05/01/2021 às 09:41
Notícia

Apple pode adotar tecnologia GaN para seus novos carregadores

Eles seriam produzidos pela Navitas Semiconductor

A tecnologia na prática parecida com o Wireless PowerShare, o compartilhamento de bateria presente a partir da série Galaxy 10 da Samsung. A gigante de Cupertino também apresentou o recurso em outro aparelho sem ser o MacBook, onde um iPad está também carregando um iPhone e um relógio.

Os documentos da patente foram encontrados pelo portal Patently Apple, que localizou ela hoje no Escritório de Marcas e Patentes dos EUA (em inglês: United States Patent and Trademark Office), quando o órgão estadunidense concedeu à empresa as novas patentes. 

Segundo apurado pelo site, os aparelhos viriam com várias bobinas de carregamento indutivo, que podem ficar sob a estrutura dos aparelhos, como do MacBook. Através dessas bobinas instaladas nos aparelhos, seria possível realizar o carregamento de diversos produtos da empresa.

Veja tudo sobre os modelos da série iPhone 12.

Créditos: United States Patent and Trademark Office / Apple

Continua após a publicidade

Essa nova tecnologia pode ser bastante útil para usuários da empresa que precisam de mobilidade, principalmente por causa das fontes dos dispositivos que não são padronizados. 

“Apesar de ter conectores e cabos padronizados, cada dispositivo pode exigir uma fonte de alimentação separada e dedicada para carregar. Em alguns casos, ter fontes de alimentação separadas para cada dispositivo pode ser oneroso de usar, armazenar e / ou transportar.”
- Afirma a Apple em sua patente.

Com isso, o usuário que precisar carregar diversos aparelhos da empresa, poderá andar com apenas um cabo na mochila. Isso porque seria necessário, por exemplo, apenas o cabo de fonte padrão do MacBook, que quando ligado ao dispositivo, vai permitir carregar diversos outros aparelhos da empresa.

Além da tecnologia de carregamento indutivo, a Apple também patenteou uma nova case de bateria MagSafe. Esse novo produto não serviria apenas como uma sistema de carregamento para os iPhone, mas também viria com um espaço para fazer a recarga dos AirPods.

02/01/2021 às 11:35
Notícia

Executivo da Xiaomi fala que o Mi 11 tem mesmo custo de produ...

Na China, o iPhone 12 de 128GB custa US$ 429 a mais que o Mi 11 de 128GB

Isso não significa que esse tecnologia será utilizada, não é incomum empresas realizarem patentes mas nunca lançarem os respectivos produtos, essa é uma prática bastante comum entre as grandes empresas. A própria Apple já apresentou uma patente de recarga wireless entre Macbook e iPhone ainda em 2018.

Agora o que resta é esperar os próximos meses para saber mais sobre os planos futuros da fabricante. Você pode ler a patente da Apple nesse link.

Via: 9to5mac Fonte: PatentlyApple
User img

Willian Vieira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.