NASA prepara novos trajes para astronautas visando missão na Lua
Créditos: MIT Technology Review

NASA prepara novos trajes para astronautas visando missão na Lua

A nova roupa recebeu o nome de "xEMU" e sofreu melhorias em relação à utilizada na Apollo 11

Com a missão Artemis 1 — programada para 2021 — se aproximando, a NASA percebeu que os trajes espaciais utilizados na Apollo 11 não são mais adequados. Desta forma, a agência iniciou a produção de novos trajes para os astronautas.


Traje xEMU. Art Station/Reprodução

A roupa recebeu o nome de eXploration Extravehicular Mobility Unit (Unidade de Mobilidade para eXploração Extraveicular), ou xEMU. O sucessor do traje de Neil Armstrong concentra um design que apropria o que se aprendeu nas explorações com ônibus espaciais, além de missões como a própria Apollo.

O surgimento de veículos espaciais particulares como o Crew Dragon da SpaceX e o Starliner da Boeing também foram fundamentais para a mudança; os astronautas na NASA que participaram de missões com essas empresas vestiram trajes com metade da massa da antiga roupa laranja utilizada na Estação Espacial Internacional.


Traje da SpaceX.Divisão Alfa/Reprodução

Richard Rhodes, um engenheiro que está trabalhando no xEMU, comentou suas expectativas sobre o conforto do novo produto:

Nosso principal objetivo é que a tripulação nem pense em nós. Eles vestem o traje e fazem seu trabalho — a ciência, a exploração — e nem mesmo pensam duas vezes sobre como são móveis ou como podem trabalhar com eficácia.

 

Entre as inovações trazidas pela nova roupa espacial, um dos pontos principais é a maior mobilidade. Isso foi possível devido à implantação de rolamentos em mais partes do corpo — os trajes da Apollo 11, por exemplo, tinham rolamentos apenas nos braços, já que eram utilizados tanto para decolagem quanto para a exploração lunar.

Outra mudança foi tentar ao máximo evitar lacunas, zíperes ou costuras onde a poeira lunar poderia se infiltrar. Devido à Lua ter um solo áspero e irregular, a poeira é um problema bem mais constante do que na Terra, e pode contaminar e desgastar os trajes.

Continua após a publicidade

29/12/2020 às 16:27
Notícia

SpaceX deve testar booster Super Heavy, que "nos levará ...

O impulsionador da próxima geração tem 240 pés de altura e 28 motores Raptor

Os capacetes do xEMU também oferecem uma gama de visão mais ampla dos que os antecessores. Agora, eles serão equipados com luzes para iluminar locais escuros e terão um HUD (heads-up display) para os astronautas acessarem informações importantes enquanto estiverem se movendo.

Em março de 2019, a primeira caminhada no espaço feita exclusivamente por mulheres foi cancelada devido à falta de trajes no tamanho correto. Essa foi uma das lições que levou a NASA a decidir que o xEMU seria ajustado ao corpo de cada astronauta, para garantir o maior conforto possível.

Fonte: MIT Technology Review
User img

Iraci Falavina

Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Iraci é apaixonada por games,principalmente se tiverem uma boa história. Também se interessa por animes e cinema e não recusa uma boa xícara de chá. Editora-chefe do programa de jogos do curso, o Insira a Ficha.

Análise do Samsung GALAXY S21 ULTRA: tela INCRÍVEL e câmeras para TODAS AS SITUAÇÕES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.