Radiotelescópio chinês FAST será aberto para cientistas estrangeiros em abril
Créditos: Reprodução/EPA

Radiotelescópio chinês FAST será aberto para cientistas estrangeiros em abril

Aproximadamente 10% do tempo de observação será destinado à comunidade global de astronomia

Inaugurado em janeiro de 2020 na China, o radiotelescópio FAST (Five-hundred-meter Aperture Spherical Telescope) será aberto para a comunidade científica global a partir do dia 1º de abril de 2021. Conhecido também como Tianyan ou "Sky Eye", ele aceitará solicitações de observação de cientistas de todo o mundo a partir da mesma data.

15/01/2020 às 13:30
Notícia

Maior radiotelescópio do mundo, FAST foi finalmente inaugurad...

Ele tem 500 metros de diâmetro e já está em pleno funcionamento

De acordo com informações do Global Times, que citou informações da agência de notícias chinesa Xinhua, cientistas estrangeiros podem enviar as solicitações de observação para os observatórios nacionais da China através da Web. O tempo de observação será alocado a partir de 1º de agosto de 2021, após a análise das solicitações pelo comitê científico e pelo comitê de alocação de tempo do FAST.

Aproximadamente 10% do tempo de observação será destinado à comunidade global de astronomia este ano, disse Jiang Peng, engenheiro-chefe e vice-diretor executivo do Centro de Operações e Desenvolvimento do FAST.

Radiotelescópio chinês FAST será aberto para cientistas estrangeiros em abril
Radiotelescópio FAST em manutenção - janeiro de 2020
(Reprodução/Xinhua/Liu Xu)

O radiotelescópio FAST é um dos maiores radiotelescópios de disco do mundo com diâmetro de 500 metros. O disco utilizado por ele é composto por cerca de 4.400 painéis de alumínio. Ele está localizado em Guizhou, na China, e sua construção foi concluída em 2016. Depois que sua construção foi concluída ele passou por vários testes até sua inauguração em 11 de janeiro de 2020.

Ainda durante suas diferentes fases de testes, cientistas usando o FAST descobriram centenas de novos pulsares – mais de 240 até o final de novembro de 2020. Um dos mais significantes foi descoberto no aglomerado estelar Messier 92 e chamou a atenção por ser muito mais rápido do que outros pulsares, com cerca de 316,5 rotações por segundo (18.990RPM) enquanto consome e expele matéria de sua estrela acompanhante.

Radiotelescópio chinês FAST será aberto para cientistas estrangeiros em abril
Reprodução/Xinhua/Liu Xu

Continua após a publicidade

Com o desabamento da plataforma de instrumentos do Observatório Arecibo em Porto Rico no início de dezembro de 2020, o FAST agora é praticamente o único radiotelescópio no mundo capaz de observar ondas gravitacionais. A governadora de Porto Rico, Wanda Vázquez, se comprometeu a gastar cerca de US$ 8 milhões para reparos no radiotelescópio do Observatório Arecibo, o que significa quem nem tudo está perdido para ele.

Fonte: Engadget, Global Times
User img

Fabio Rosolen

MI 11 PRO e ULTRA! TUDO sobre os NOVOS celulares da XIAOMI

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.