Porto Rico investe US$ 8 milhões para a reconstrução do Observatório de Arecibo
Créditos: Reprodução/Ricardo Arduengo via Getty Images

Porto Rico investe US$ 8 milhões para a reconstrução do Observatório de Arecibo

Segundo a governadora o telescópio é um "centro educacional de classe mundial"

Leitura Rápida

  • O governo de Porto Rico aprovou uma ordem executiva de US$ 8 milhões para a reconstrução do observatório de Arecibo
  • O dinheiro possivelmente não será o suficiente, precisando que outros países ajudem financeiramente com a reconstrução
  • A reforma do lugar já se mostrou inviável, por por em risco a vida dos trabalhadores
  • A comunidade científica ainda estuda os dados coletados pelo telescópio

Um novo relatório feito pelo portal El Nuevo Dia dá uma esperança para a reconstrução do Observatório de Arecibo. Segundo o site, a governadora de Porto Rico, Wanda Vázquez, assinou uma ordem executiva com valor equivalente a US$ 8 milhões, para a reconstrução do telescópio. 

A governadora fala ao portal que a reconstrução do radiotelescópio é uma questão de "política pública" e que é importante por se tratar de um "centro educacional de classe mundial". O valor liberado pelo governo possivelmente não será suficiente. Apesar disso, marca um início de esperança para a reconstrução do local.

20/11/2020 às 11:56
Notícia

Observatório de Arecibo, maior telescópio fixo do mundo, será...

Depois de alguns cabos romperem, o reparo poria a vida das pessoas em risco

O Observatório de Arecibo é considerado o maior radiotelescópio fixo do mundo, localizado em Arecibo, Porto Rico. Sua inauguração foi em 1963 e, em agosto de 2020, alguns cabos começaram a romper. Toda a estrutura foi comprometida, oferecendo riscos às pessoas. Portanto foi tomada a decisão de fechar o local para a visitação.

O órgão responsável pelo Observatório, NSF, já havia comunicado que a reforma seria inviável. Por a estrutura estar muito defasada, o reparo poria a vida dos trabalhadores em risco. Portanto, é esperado que a estrutura atual seja removida e outra seja colocada em seu lugar. 

Vale ressaltar que o Observatório foi fechado para visitação, mas a comunidade científica ainda está fazendo uso dos dados coletados. Um porta voz do NSF falou ao Engadget que "a pesquisa envolvendo dados arquivados do telescópio de 305 metros continuará e a NSF está procurando maneiras de restaurar as operações com a outra infraestrutura do observatório o mais rápido possível, incluindo o telescópio de 12 metros e as instalações LIDAR."

Continua após a publicidade

É esperado que com o incentivo de US$ 8 milhões investidos pelo governo de Porto Rico, outros governantes também façam doações para o projeto. Os Estados Unidos é um dos países que mais usufruem da estrutura. Portanto, pode ser que a comunidade científica pressione o governo do país para ajudar financeiramente com a reconstrução.

Com incentivos do país norte-americano as estruturas podem ser refeitas, fazendo com que o Observatório seja reconstruído. A esperança é que as obras iniciem ainda em 2021.

Via: Engadget
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Samsung GALAXY S21, S21 PLUS e S21 ULTRA lançados: confira os PRINCIPAIS DESTAQUES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.