Hackers ameaçam divulgar fotos antes-e-depois de rede de cirurgias plásticas no Reino Unido
Créditos: BBC

Hackers ameaçam divulgar fotos antes-e-depois de rede de cirurgias plásticas no Reino Unido

Os responsáveis pelo ataque alegam ter mais de 900 gigabytes de fotos de pacientes

Um grupo de hackers roubou recentemente um grande pacote de dados de uma rede de cirurgia plástica e que, de acordo com as informações que temos, possui uma longa lista de celebridades como clientes. Claro, os ciber-criminosos estão ameaçando publicar as fotografias de "antes e depois" dos pacientes, entre outras coisas.

06/08/2020 às 16:49
Notícia

Canon sofre ataque do ransomware Maze e 10TB de dados podem t...

Empresas como LG e Xerox já foram vítimas deste ransomware no passado

Em sua página da darknet, o grupo de hackers de ransomware conhecido como REvil ou Sodinokibi disse que as "fotos íntimas de clientes não eram uma visão completamente agradável". Os responsáveis pelo ataque alegam ter mais de 900 gigabytes de fotos de pacientes.

O Hospital Group, também conhecido como Transform Hospital Group, confirmou o saqueamento de dados. Este hospital, para se ter uma noção melhor do contexto, afirma ser o grupo especialista em perda de peso e cirurgia estética líder do Reino Unido. A rede conta com 11 clínicas especializadas em cirurgia bariátrica para perda de peso, aumento dos seios, correções de mamilos e ajustes de nariz.

O Hospital Group divulgou o seguinte comunicado: 

Continua após a publicidade

A empresa afirma que enviou avisos para todos os seus clientes e que entraria em contato com indivíduos que poderiam ter mais detalhes pessoais comprometidos.


O que chamamos de Ransomware é uma das formas mais disseminadas de ataque cibernético. Normalmente, hackers obtêm acesso a uma rede de computadores, criptografam arquivos ou bloqueiam os usuários de seus sistemas até que o resgate seja pago. Mais recente, grupos que praticam esse tipo de golpe têm tirado uma cópia dos dados e ameaçado divulgá-la.

Segundo a empresa de segurança cibernética Emsisoft, estima-se que essa forma crescente de crime cibernético rendeu aos criminosos um total de US$ 25 bilhões em 2020.

Via: BBC
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

Samsung GALAXY S21, S21 PLUS e S21 ULTRA lançados: confira os PRINCIPAIS DESTAQUES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.