Câmera do Xiaomi Mi 10T Pro fica de fora do Top 20 do DxOMark, com 118 pontos
Créditos: Na'vi

Câmera do Xiaomi Mi 10T Pro fica de fora do Top 20 do DxOMark, com 118 pontos

Celular aparece no ranking logo atrás do iPhone 11, lançamento do ano passado

O DxOMark divulgou nessa semana os resultados de seus testes com as câmeras do Xiaomi Mi 10T Pro 5G, lançado originalmente em setembro. O celular não se saiu mal, mas com seus 118 pontos não dá pra dizer que impressionou também, ficando de fora do "top 20" do ranking do site de testes.

Antes de mais nada, vale destacar quais são os pontos-chave sobre a câmera do Xiaomi Mi 10T Pro 5G, considerados pelo próprio DxOMark:

- Conjunto de três câmeras
- Primária: sensor de 108MP com 0,8µm pixels e lentes de f/1,7 equivalentes a 26mm
- Ultra-Wide: sensor de 13MP com 1,12µm pixels e lentes de f/2,4 equivalentes a 13mm (123º FOV)
- Macro: sensor de 5MP com lentes de f/2,4 e foco automático
- Flash de LED
- Vídeo até 8K a 30fps, ou 4K a 30/60fps, ou 1080p a 120fps

A nota final de 118 pontos do Xiaomi Mi 10T Pro 5G foi obtida através de uma média ponderada de três pontuações diferentes: foto, zoom e vídeo. O celular se saiu melhor em foto, onde conquistou 121 pontos. Em vídeo ele também não se saiu mal, com 110 pontos. Foi na parte de zoom que o smartphone deixou mais a desejar para o site, com 61 pontos.

Na análise das câmeras do smartphone no DxOMark eles chegam a comentar isso. Dizem que o celular é muito competente tanto em espaços externos como internos, mas que sacrificar uma câmera telefoto em troca da macro sacrificou as capacidades de zoom do aparelho.

Mas não foi só aí que Mi 10T Pro deixou a desejar. O site também critica as capacidades de fotografia do celular no escuro. Segundo eles, a amplitude dinâmica é muito limitada e, pior que isso, com modo HDR ligado ficam visíveis artefatos de "ghosting" - termo usado para objetos ou partes do corpo que se movimentam e deixam uma imagem quase transparente na foto, parecendo um fantasma (ghost).


(Reprodução/DxOMark)

As análises de câmeras de smartphones do DxOMark sempre são bem extensas e detalhadas, incluindo testes e gráficos. Dá pra conferir o post completo, em inglês, se quiser entender melhor sobre as capacidades de câmera do Mi 10T Pro 5G. Vale concluir apenas que 118 pontos pode não ser top 20, mas nem de longe significa que é ruim.

Fonte: DxOMark
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Samsung GALAXY S21, S21 PLUS e S21 ULTRA lançados: confira os PRINCIPAIS DESTAQUES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.