Microsoft, McAfee e outras empresas se unem para formar a Ransomware Task Force
Créditos: Reprodução/Shutterstock

Microsoft, McAfee e outras empresas se unem para formar a Ransomware Task Force

Mais detalhes sobre a iniciativa serão divulgados em janeiro de 2021

Um grupo formado por 19 empresas de segurança, empresas de tecnologia e organizações sem fins lucrativos, encabeçado por nomes como Microsoft e McAfee, anunciou na última segunda-feira planos para formar uma nova coalizão para lidar com a crescente ameaça dos ransomwares.

16/11/2020 às 14:51
Vídeo

ATAQUES CIBERNÉTICOS: por que você PRECISA cuidar de sua SEGU...

Os riscos de ignorar práticas de prevenção em contas online e como isso impacta você e as pessoas ao ...

A chamada Ransomware Task Force (RTF) se concentrará em avaliar soluções técnicas existentes que fornecem proteções durante um ataque de ransomware. A RTF encomendará trabalhos de especialistas sobre o tema, envolverá as partes interessadas em todos os setores, identificará lacunas nas soluções atuais e, em seguida, trabalhará em um roteiro comum para ter questões abordadas entre todos os membros. O resultado final deve ser um framework padronizado e baseado no consenso da indústria para lidar com ataques de ransomwares.

Para quem não sabe, um ransomware é um software malicioso que basicamente “sequestra” arquivos do usuário com o computador infectado e exige o pagamento de um resgate para que os arquivos sejam restaurados. Para bloquear o acesso aos arquivos, o ransomware utiliza principalmente criptografia. Muitos especialistas em segurança recomendam que as vítimas dos ataques não paguem o resgate, já que não há garantida de que os criminosos restaurarão os arquivos. Até mesmo grandes empresas já foram vítimas de ataques deste tipo, como a Garmin e a Canon.


Reprodução/Security Magazine

Os membros fundadores da RTF entendem que o ransomware é uma ameaça muito grande para qualquer entidade enfrentar sozinha e por isso eles se uniram para fornecer recomendações claras para ações públicas e privadas que reduzirão significativamente a ameaça representada por esse tipo de ataque.

Não são apenas usuários domésticos e empresas que são alvos de ransomwares - muitos hospitais, instituições de ensino e agências governamentais já foram alvos deste tipo de ataque. No caso de ataques a hospitais, por exemplo, o resultado de um ataque de ransomware pode ser ainda mais trágico quando o acesso a arquivos contendo dados clínicos críticos é bloqueado.

Os 19 membros fundadores da Ransomware Task Force podem ser vistos abaixo:

Continua após a publicidade

- Aspen Digital
- Citrix
- The Cyber Threat Alliance
- Cybereason
- The CyberPeace Institute* 
- The Cybersecurity Coalition
- The Global Cyber Alliance
- The Institute for Security and Technology
- McAfee
- Microsoft
- Rapid7
- Resilience
- SecurityScorecard
- Shadowserver Foundation
- Stratigos Security
- Team Cymru
- Third Way
- UT Austin Stauss Center
- Venable LLP 

*Organização sem fins lucrativos dedicada a ajudar vítimas de ciberataques.

De acordo com o anúncio do Instituto de Segurança e Tecnologia (IST), o site oficial da Ransomware Task Force com mais detalhes sobre a iniciativa com informações sobre membros será lançado em janeiro de 2021, mas uma data específica ainda não foi divulgada.

Via: Neowin.net Fonte: Instituto de Segurança e Tecnologia (IST)
User img

Fabio Rosolen

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.