Xiaomi Mi MIX Alpha II pode ser composto apenas por tela na parte frontal e traseira
Créditos: Reprodução/Let'sGoDigital

Xiaomi Mi MIX Alpha II pode ser composto apenas por tela na parte frontal e traseira

Novas renderizações mostram possível design com 100% de proporção de tela e corpo

Leitura Rápida

  • Um novo registro de propriedade intelectual mostra o possível design do Mi Mix Alpha 2
  • Ele traz características muito futuristas, como tela em todo o corpo
  • A proporção é de 100%
  • Ele possui tela tanto na parte frontal como traseira, de forma contínua, sem nenhuma borda

Novos registros do design do próximo smartphone Xiaomi Mi Mix Alpha 2 acabaram de ser divulgados. As renderizações mostram um dispositivo bastante futurista, sendo composto apenas por display. O aproveitamento total é de 100%, em relação tela e corpo. A câmera é alocada em formato pop up, com opções de três lentes e flash. 

Registro The Hague Bulletin

O site neerlandês Let's Go Digital, famoso por suas renderizações de produtos ainda não lançados, localizou uma patente de um smartphone da Xiaomi no órgão de registro The Hague Bulletin, que faz parte da WIPO (Escritório Mundial de Propriedade Intelectual). Apesar da publicação ter sido feita em junho de 2020, só foi divulgada há poucos dias, em 18 de dezembro de 2020.

As renderizações coloridas mostram como o smartphone pode se parecer. O órgão de registro mostra apenas alguns poucos detalhes do smartphone, como nos desenhos iniciais do produto. Toda a arte foi feita de forma independente pelo site Let's Go Digital, portanto pode ser que o produto final seja diferente do mostrado nos desenhos. 

Parece que uma das principais preocupações da Xiaomi era manter a proporção de tela corpo em 100%. Não há nenhuma moldura nos desenhos do registro. Para solucionar o problema da câmera, a empresa parece ter colocado em formato pop up, no topo do dispositivo. Esse mecanismo já é usado em uma série de outros smartphones, mas com mais de uma lente é algo que ainda não foi muito explorado.

As renderizações mostram que a Xiaomi deve implementar um sistema de câmera com três lentes e flash. Como não há espaços sem tela, essa lente irá fazer as vezes da câmera traseira, que geralmente é o conjunto principal e, também, da câmera frontal. 

Continua após a publicidade

Usar o mesmo mecanismo para fotos também já é usado pela Asus. A diferença é que o Zenfone 6 e 7 usam a opção de flip. A parte traseira não possui nenhuma tela, o que permite que a câmera seja alocada de forma comum. Algo que não é possível no modelo registrado pela Xiaomi. 

Como o aparelho não possui bordas, a parte superior foi usada para colocar os botões comuns. Segundo as imagens, ao lado da câmera está o botão power, de liga/desliga e o microfone. O botão de volume não é mostrado. Também não há nítidas opções de leitor de digital, que deve estar em uma das duas partes do dispositivo, ou mesmo das duas, ainda não se sabe. 

Na parte inferior do Mi Mix Alpha 2 estão as entradas principais. Está disponível uma USB Type-C para o carregamento e uma entrada P2 de 3,5mm, para fones de ouvido. Também é onde estão localizados os alto falantes do smartphone e outra opção de microfone. 

13/12/2020 às 16:07
Notícia

CONFIRMADO: Xiaomi Mi 11 será lançado dia 28 de dezembro de 2020

Após nova imagem do dispositivo aparecer, a empresa anunciou oficialmente o início das vendas do modelo

A listagem registra apenas a propriedade intelectual do design do aparelho. Não é mencionado nenhuma possibilidade de especificações. É muito provável que ele traga os melhores hardwares disponíveis no mercado, sendo uma opção de ponta. Apesar disso, nada foi confirmado e não há informações concretas.

Geralmente, as empresas registram suas patentes e, logo depois de um tempo, lançam o produto. Apesar disso, há muitas variáveis na produção de um smartphone. Esse registro apenas marca a propriedade intelectual da Xiaomi. Pode ser tanto que o aparelho seja lançado, como também nunca chegue ao mercado. 

Via: LetsGoDigital
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

ANÁLISE: Drone DJI Mini 2 - 4K, até 31 minutos de voo e 10Km de distância, precisa mais?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.