SMIC e DJI são proibidas de exportar tecnologia desenvolvida nos EUA
Créditos: Reprodução / GizChina

SMIC e DJI são proibidas de exportar tecnologia desenvolvida nos EUA

A SMIC, além de fabricar para a Huawei, é uma das maiores fabricante de chips da China

Na sexta-feira, o governo dos Estados Unidos adicionou 60 novas empresas chinesas a Commerce Department’s Entity List, que é uma lista de empresas que são proibidas de exportar tecnologia desenvolvida nos Estados Unidos sem licença.

Um dos maiores nomes presente nesta lista é a fabricante de drones DJI, no entanto, também cabe destaque a Semiconductor Manufacturing International Corporation (SMIC), pois esta é uma das maiores fabricantes de chips da China.

20/12/2020 às 10:45
Notícia

DJI diz que vai continuar vendendo nos EUA "normalmente&...

No entanto, não ficam claros os planos da empresa pra renovar seus estoques

Ao ser adicionada a Commerce Department’s Entity List, a SMIC, basicamente, estará proibida de adquirir a tecnologia necessária para produzir os novos chips, ou seja, ela não poderá adquirir tecnologia para começar a produzir chips que utilizam a litografia de 10nm ou menos.

O Secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, afirmou ao Engadget, em tradução livre para o português, que:

"Nós não iremos permitir que a tecnologia avançada dos Estados Unidos ajude a construir as forças armadas de um adversário cada vez mais beligerante [...] a SMIC ilustra perfeitamente os riscos da alavancagem da tecnologia norte americana na China e com isso apoiar a sua modernização militar."

Em setembro já existiam relatórios que apontavam que a administração do atual presidente, Donald Trump, estava considerando esta proibição por conta do envolvimento da SMIC com o setor de defesa da China. Como essas alegações foram comprovadas, a SMIC foi adicionada a Commerce Department’s Entity List. Visto que o governo atual se tornou mais rígido com as empresas baseadas na China por causa de acusações de apoio do estado e envolvimento com os militares do país.

SMIC banida dos EUA
Créditos: Reprodução / GizChina

Continua após a publicidade

Esta proibição à SMIC é uma notícia preocupante para a Huawei – que já tinha sido adicionada a esta lista anteriormente e, por conta disso, foi excluída do licenciamento do Google Mobile Services e dos contratos para a fabricação dos seus HiSilicon baseados em ARM – pois a SMIC era a única fabricante de chips, que não tinha sofrido restrições dos Estados Unidos, que fornecia chips para a Huawei. Inclusive, no começo de 2020, a SMIC fabricou os chips HiSilicon Kirin 710A de 14nm para a Huawei. Portanto, com esta proibição imposta a SMIC, a Huawei, até o momento, não tem como acessar componentes e tecnologias desenvolvidas nos EUA que sejam da litografia de 10nm ou menor.

Fonte: XDA-Developers

XIAOMI na LISTA NEGRA dos EUA: quais os IMPACTOS para a FABRICANTE chinesa?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.