Novo padrão HDMI 2.1 transforma TVs em monitores para jogos
Créditos: Reprodução/Cirilo Cabos

Novo padrão HDMI 2.1 transforma TVs em monitores para jogos

O novo cabo tem suporte para imagens de até 8K a 60Hz e eARC

Leitura Rápida

  • O HDMI 2.1 traz uma grande vantagem: transformar qualquer TV em um monitor para games
  • Isso acontece graças ao suporte a 8K 60Hz e 4K 120Hz
  • Além disso, também consegue oferecer Enhanced Audio Return Channel (eARC) que suporta até 192kHz, áudio de 24 bits
  • Isso possibilita uma imagem e áudio aprimorados, mesmo sem ser um monitor gamer

Recentemente o grupo HDMI emitiu um comunicado destacando os benefícios do novo padrão em jogos. Segundo o site oficial, o HDMI 2.1 será extremamente eficiente em consoles de jogos e streamings de games em TVs. Em geral, isso acontece devido ao salto de largura de banda que o novo padrão implementa. 

HDMI - site oficial

O HDMI é a sigla para: High-Definition Multimedia Interface. Como o nome indica, ele é uma interface condutiva digital. Seu grande benefício é a possibilidade de transmitir tanto o áudio, como o vídeo por apenas um cabo. Isso fez dele uma opção extremamente conveniente para muitos setores do audiovisual, games inclusive. 

O novo padrão HDMI 2.1 traz um aprimoramento da versão antiga, HDMI 2.0. Ele consegue oferecer suporte a imagens em 8K, a 60Hz e, também a 4K em 120Hz. Essas opções já estão amplamente inseridas em muitos modelos de TV, além de produções.

Além dos benefícios já citados, o HDMI 2.1 também traz o Enhanced Audio Return Channel (eARC). Esse recurso é voltado para melhoria significativa do áudio transmitido de aparelhos para a TV. Ele consegue oferecer suporte para até 192kHz, áudio de 24 bits. Também inclui o suporte para Dolby Atmos e DTS: X. 

Segundo a publicação do site HDMI, o novo padrão também reduz, ou elimina os atrasos, chamados de "lag". Isso é possível graças a taxa de atualização variável (VRR), que também suaviza trepidação e tearing de quadro. A grande vantagem é uma jogabilidade mais fluida e detalhada. Esse recurso permite que a fonte que o jogo estiver sendo rodado - console, ou PC -, faça a transmissão de forma ainda mais rápida.

14/02/2019 às 11:09
Notícia

Xilinx apresenta seu subsistema HDMI 2.1 IP com suporte para ...

O subsistema tem taxas de entrada e saída com alta velocidade, possivelmente até 48Gbps

Continua após a publicidade

O HDMI 2.1 também insere o Modo de baixa latência automático (ALLM). Como o próprio nome diz, ele reduz os atrasos de comandos, tornando a experiência ainda melhor. Tudo isso é feito de forma automática, sem que o jogador precise definir nada manualmente. Isso é intensificado graças ao Quick Frame Transport (QFT), que consegue oferecer jogos mais suaves, principalmente relacionados a Realidade Virtual (VR).

Para ainda mais informações a respeito do HDMI 2.1, veja o vídeo abaixo:

Via: Tom's Hardware
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

POCO M3: ANÁLISE COMPLETA do BARATINHO da XIAOMI que surpreende

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.