Primeiro voo espacial motorizado da Virgin Galactic da nova base foi abortado
Créditos: Reprodução/TheVerge

Primeiro voo espacial motorizado da Virgin Galactic da nova base foi abortado

Empresa passou por alguns problemas mecânicos que não permitiram a missão ocorrer

Leitura Rápida

  • Primeiro voo espacial feito pela nova base no Novo México da Virgin Galactic foi abortado
  • A espaçonave motorizada VSS Unity teve o seu motor desligado antes do previsto
  • Isso fez com que os pilotos precisassem planar e retornar a base, não concluindo o objetivo
  • Esse seria o terceiro teste feito pela empresa
  • A Virgin Galactic já informou que possui a solução para o problema e novos testes serão feitos em breve

A Virgin Galactic, empresa de turismo espacial de Richard Branson, precisou encerrar a missão antes do previsto. O primeiro voo de teste com uma espaçonave motorizada VSS Unity teve o seu motor desligado de forma muito precoce. Isso resultou em um pouso forçado ao solo. Apesar do problema, nenhum dos tripulantes se feriu e nada grave ocorreu. 

Virgin Galactic

O principal problema foi o fato da missão precisar ser cancelada, não concluindo o objetivo. O avião espacial da empesa estava saindo da nova sede no Novo México. O intuito era fazer com que a nave chegasse ao espaço, levando alguns suprimentos para a NASA. O propósito foi suspenso devido ao problema com o motor. Todo o voo foi transmitido ao vivo pela Twitch.

O avião espacial usado para o teste chama-se VSS Unity. A sua decolagem e saída dos porta-aviões ocorreu normalmente, conforme planejado. O problema aconteceu quando o seu motor principal desligou depois de poucos segundos. O normal é permanecer ligado por um minuto inteiro. Isso faz com que o veículo tenha o impulso necessário para chegar até o espaço. Não foi o que ocorreu. 

Depois do problema detectado, a resolução foi fazer a VSS Unity planar até o local de lançamento. Apesar do fracasso da missão, nada de grave ocorreu. Segundo a Virgin Galacti os dois pilotos a bordo, CJ Sturckow e Dave Mackay, conseguiram "voltar sãos e salvos".

Na publicação acima a empresa afirma: "Atualização antecipada em voo: A sequência de ignição do motor do foguete não foi concluída. O veículo e a tripulação estão em ótima forma. Temos vários motores prontos no Spaceport America. Verificaremos o veículo e voltaremos ao voo em breve."

Continua após a publicidade

Isso indica que a empresa já está preparada para substituir o motor que resultou na falha e, que fará novos testes em breve. Essa seria a primeira vez que um teste seria realizado nas novas instalações no Novo México, com a VSS Unity. A empresa está se planejando para realizar voos turísticos e comerciais para o espaço a partir dessa base. 

12/12/2020 às 12:35
Notícia

Astrônomos conseguem desenvolver o mapa 3D mais detalhado da ...

As imagens foram desenvolvidas com informações da ESA, colhidas pela Missão Gaia

A Virgin Galactic já possui 600 clientes iniciais inscritos para futuras viagens. A proposta é começar a fazer os voos com os inscritos a partir de 2021, com o fundador Richard Branson já presente na primeira viagem. Para cumprir o cronograma a empresa precisa acelerar seus testes. 

O esperado é que as decolagens com a cabine cheia de passageiros aconteça depois de mais dois testes, que devem ocorrer nos próximos meses. Já foi enviado o primeiro cliente no segundo voo, em 2019. O primeiro foi em 2018 e também correu conforme o previsto. Se esse voo tivesse dado certo, seria a terceira vez que a empresa realizaria a ação. 

Apesar de tudo correr bem, para que os voos comerciais iniciem é necessário que se garanta totalmente a segurança dos envolvidos. Portanto, pode ser que isso atrase um pouco os planos da companhia. 

Via: TheVerge
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

XIAOMI na LISTA NEGRA dos EUA: quais os IMPACTOS para a FABRICANTE chinesa?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.