Créditos: Reprodução/Boeing

Drone de reabastecimento MQ-25 da Boeing conclui voo de teste

O voo da aeronave não tripulada durou pouco mais de duas horas

A Boeing anunciou recentemente que ela e a Marinha dos Estados Unidos concluíram o primeiro voo de teste do drone de reabastecimento MQ-25 T1 com a cápsula de combustível (aerial refueling store ou ARS) presente, o que representa um grande marco no desenvolvimento de aeronaves não tripuladas para reabastecimento em voo. 

07/12/2020 às 16:58
Notícia

Ravn X é um drone construído para realizar o lançamento de sa...

UAV pesa mais de duas toneladas e deve começar a realizar missões a partir do ano que vem

O voo de testes durou pouco mais de duas horas e mostrou que a aerodinâmica do drone autônomo era sólida mesmo com a cápsula de combustível montada na asa. O voo foi conduzido por pilotos de teste da Boeing que operaram o drone a partir de uma estação de controle terrestre no aeroporto MidAmerica St. Louis, localizado em Mascoutah, no estado americano de Illinois.

"Ter um ativo de teste voando com um ARS nos deixa mais próximos de avaliar como o MQ-25 cumprirá sua missão principal na frota – reabastecimento aéreo. O T1 continuará a fornecer informações valiosas no início quando começarmos a voar com F/A-18s e realizar testes de manuseio de convés a bordo de um porta-aviões".
-- Capitão Chad Reed, gerente do programa de Aviação Não Tripulada de Aviação De Porta-Aviões da Marinha dos EUA

Futuros voos do drone continuarão a testar a aerodinâmica da aeronave e o ARS em vários pontos do envelope de voo, eventualmente progredindo para extensão e retração da mangueira e do conector usados para reabastecimento.

"Ver o T1 voar com o hardware e o software que faz do MQ-25 uma plataforma de reabastecimento aéreo tão cedo no programa é um lembrete visível da capacidade que estamos trazendo para o deck do porta-aviões", disse Dave Bujold, diretor do programa MQ-25 da Boeing. "Estamos garantindo que o ARS e o software que o operam estarão prontos para ajudar o MQ-25".

Drone de reabastecimento MQ-25 da Boeing conclui voo de teste
Drone de reabastecimento MQ-25 da Boeing
(Reprodução/Boeing/YouTube)

Continua após a publicidade

No futuro o drone pode ser uma máquina crucial. A Marinha dos EUA espera adquirir mais de 70 drones MQ-25 que substituirão os caças F/A-18 Hornet que atualmente realizam o reabastecimento de aeronaves em voo. A aeronave autônoma não deve apenas liberar esses caças para seus papéis de combate pretendidos, mas também deve poupar pilotos humanos de ter que pilotar em uma missão rotineira e muitas vezes mundana. 

Drone de reabastecimento MQ-25 da Boeing conclui voo de teste
Drone de reabastecimento MQ-25 em seu voo de teste
(Reprodução/Boeing/YouTube)

Via: Engadget Fonte: Boeing
User img

Fabio Rosolen

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.