Amazon logistics chega ao Brasil para concorrer com correios e demais serviços de entrega
Créditos: Divulgação/Amazon

Amazon logistics chega ao Brasil para concorrer com correios e demais serviços de entrega

A companhia irá contratar pequenas empresas para realizar as entregas

Leitura Rápida

  • A Amazon está trazendo o seu serviço de logística para o Brasil
  • A companhia irá contratar outras pequenas empresas para a prestação de serviço
  • Segundo a Amazon, não é necessário ter experiência para trabalhar na equipe
  • As quatro primeiras cidades atendidas serão: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte

A Amazon acaba de confirmar que está lançando um serviço de logística no Brasil. Com isso, a empresa começa a concorrer com grandes empresas de transporte no Brasil, como os próprios Correios, Loggi e outras. O serviço se chama Amazon Logistics e vai começar a ser implementadas em quatro grandes cidades brasileiras. 

Amazon Logistics

O serviço tem como objetivo criar uma rede de pequenas empresas de entregas independentes. O serviço vai contar com outras pequenas empresas, para atender as todas as regiões. Isso é muito semelhante ao que o Mercado Livre está implementando com suas entregas. No lançamento, serão atendidas as cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte.

 

O objetivo é diminuir a dependência da Amazon em outras companhias de entregas, podendo atender de forma mais eficiente os seus clientes. Para isso, a companhia está procurando parceiros, que possuam empresas de entregas. 

A Amazon deixa bastante evidente que está contratando empresas terceirizadas. O serviço Amazon Logistics irá gerenciar outras pequenas empresas, mas não irá contratar motoristas e colocar vãs por ela mesma. A empresa irá dar o suporte com treinamento e softwares especializados.

Continua após a publicidade

Segundo os dados da Amazon, é necessário um investimento inicial de R$ 45.000 para arcar com os custos iniciais. A proposta informa que os rendimentos podem girar entre R$ 12.000 e R$ 22.000 por mês, dependendo do número de vans que irão operar. O que a companhia indica é que as empresas parceiras operem com de 20 a 40 veículos. 

Não é necessário ter experiência em logística e nem operar anteriormente. A própria Amazon garante que dará o treinamento necessário, além de oferecer toda a tecnologia já desenvolvida. Em um momento de pandemia, onde muitas empresas de transporte (principalmente as vans escolares) estão com o rendimento muito abaixo do comum, ou praticamente inexistentes, pode ser uma solução para usar carros já disponíveis, para aplicar em outro setor. 

A Amazon está fazendo o requerimento de um formulário. Caso o cadastro do usuário for aprovado, ele receberá um e-mail informando que a empresa irá aceitá-lo como parceiro. Para mais informações, acesse este link.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Amazon
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Drone Autel EVO II Pro chega ao Brasil - Câmera 6K, 40 Minutos e 9Km [UNBOXING]

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.