Ravn X é um drone construído para realizar o lançamento de satélites
Créditos: Divulgação Aevum

Ravn X é um drone construído para realizar o lançamento de satélites

UAV pesa mais de duas toneladas e deve começar a realizar missões a partir do ano que vem

Essa semana uma empresa chamada Aevum, com sede no estado do Alabama, Estados Unidos, revelou o drone de transporte e lançamento de satélites em órbita baixa Ravn X. O drone é capaz de pôr um satélite em órbita em pouco tempo e contou com o apoio da Força Espacial dos Estados Unidos durante o seu desenvolvimento.

26/11/2020 às 18:15
Notícia

Apenas 19% dos donos de drones sabem onde podem pilotar legal...

Estudo realizado no Reino Unido mostra que 81% dos proprietários de drones desconhecem as regras para...

O veículo, que sem carga já é um dos drones mais pesados a atualidade pesando aproximadamente 2.5 toneladas, possui 5 metros de altura e 18 m de envergadura. 

A promessa é de que o Ravn X seja capaz de colocar uma carga útil na órbita baixa da terra em 180 minutos. Pela praticidade de pôr um satélite em órbita proposto pelo drone, a Aevum garante que ele ajudará a diminuir os tempos de lançamentos previstos de satélites de anos para meses.

Apesar de apresentar um visual diferente do comum, o drone não é muito diferente de outras aeronaves, usando inclusive o mesmo combustível de um jato tradicional. Pensado para ser lançado de qualquer aeroporto, até mesmo os comerciais, o veículo aéreo não tripulado precisa de uma pista com apenas uma milha para decolar, aproximadamente 1.6 km.

Para o lançamento durante o voo, o Ravn X, quando atingir a altitude adequada, liberará um foguete de dois estágios que ficará acoplado em sua “barriga”, o foguete que meio segundo depois irá ascender.

A empresa garante que após cada lançamento 95% do drone pode ser reutilizado, mas apenas 70% do drone poderá ser usado novamente. Mesmo assim o drone terá uma praticidade maior para a entrega de satélites, afinal após o lançamento, o Ravn X posaria normalmente e voltaria para o hangar, para ser preparado para outro lançamento.

Continua após a publicidade

Essa abordagem para por foguetes no espaço já está sendo estudado por outras empresas, como a Virgin Orbit, que vem pondo em prática essa maneira de prática, mas ainda não realizou um teste de lançamento com sucesso. O Ravn X já vai ter sua prova de fogo ano que vem, quando o drone terá que por o satélite ASLON-45 da Força Espacial dos EUA em órbita.

Via: Engadget Fonte: Business Wire
User img

Willian Vieira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Samsung GALAXY S21, S21 PLUS e S21 ULTRA lançados: confira os PRINCIPAIS DESTAQUES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.