SpaceX lança nave Cargo Dragon em missão de suprimentos pela NASA
Créditos: Reprodução/NASA Blog

SpaceX lança nave Cargo Dragon em missão de suprimentos pela NASA

Nova versão da nave tem como destino a Estação Espacial Internacional

A SpaceX lançou hoje a espaçonave Cargo Dragon 2 para a Estação Espacial Internacional (ISS) em uma missão oficial para os Serviços de Reabastecimento Comercial da NASA (CRS-21). Essa é a primeira vez que a nave modificada voa para o espaço, já que ela é a segunda versão de sua série derivada da Dragon original. Também é a primeira vez que a SpaceX está transportando comercialmente para a NASA.

03/12/2020 às 15:04
Notícia

SpaceX deve começar missões para Marte em 2022, diz Elon Musk

O esperado é que missões tripuladas aconteçam em até seis anos

A missão CRS-21 estreia a ida da Cargo Dragon da SpaceX para a ISS, com um aumento de volume de 20% em relação à sua antecessora, o que também lhe permite dobrar a quantidade de carga “motorizada”. Esta carga é sensível à temperatura necessária para experimentos científicos na estação espacial e requer condições específicas e controladas para seu armazenamento.

A nave teve sua durabilidade e capacidade de reutilização aumentada em relação à primeira geração da Cargo Dragon da SpaceX. Ela será capaz de permanecer na estação espacial por até 75 dias e pode ser reutilizada até cinco vezes, de acordo com a diretora de Dragon Mission Management da SpaceX, Sarah Walker. O veículo também é o primeiro da SpaceX capaz de acessar a nave usando o braço de acesso da tripulação, permitindo melhor flexibilidade para carregar a nave no Kennedy Space Center.

Quando retornar, a Cargo Dragon 2 irá cair no Oceano Atlântico, o que permite que ela seja reutilizada para outros lançamentos. As cargas úteis da Cargo Dragon que estão sendo levadas para a ISS incluem uma eclusa de ar totalmente nova. Ela deverá fornecer cinco vezes a capacidade da atual eclusa de ar da ISS, que é usada para  lançar pequenos satélites ao espaço.

Outras cargas úteis da espaçonave incluem objetos de pesquisas sobre o câncer e sobre o efeito do espaço nos tecidos humanos. No retorno, ela vai trazer outras cargas úteis, incluindo um componente de esteira para os astronautas se exercitarem, uma válvula para o sistema de remoção de dióxido de carbono da estação e uma unidade de armazenamento a frio, entre outros.

Fonte: NASA Blog
User img

Mariela Cancelier

Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

EXYNOS 2100, DuckDuckGo, EUA vs Huawei e Elon Musk DE NOVO no CONECTADO! #12

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.