Youtube pedirá para os usuários repensarem antes de postar comentários ofensivos
Créditos: Szabo Viktor no Unsplash

Youtube pedirá para os usuários repensarem antes de postar comentários ofensivos

Nova ferramenta da empresa é parte de uma tentativa da empresa em eliminar os comentários ofensivos

Desde o começo do ano o Youtube vem revisando suas políticas internas, essa ação faz parte de diversas mudanças que a plataforma está implementando para oferecer a melhor experiência, tanto para criado como o consumidor de conteúdo. Agora a Susan Wojcicki, CEO do Youtube, compartilhou o progresso que a empresa vem tendo nesse aspecto, além de compartilhar algumas novidades no combate aos usuários tóxicos.

27/11/2020 às 08:48
Notícia

Atualização do YouTube para Android TV adiciona suporte para ...

O suporte está disponível a partir da versão 2.12.08 do aplicativo em TVs com o Android 10 ou posterior

O primeiro foco da empresa nessa alçada é contra os comentários ofensivos. A nova ferramenta da empresa avisará o usuário quando ele estiver comentando algo ofensivo, ou que incite o ódio. Apesar disso, essa ferramenta não vai proibir os usuários de comentem, apenas dará um aviso nos comentários que a ferramenta detectar como ofensivo.

Essa ferramenta não irá avisar todos os comentários que forem feitos no na rede de streaming de vídeos da Google, mas sim os que a ferramenta detectar como ofensivos, ou que se baseiam em algum conteúdo utilizado muitas vezes, como spam.

Porém essa ferramenta não irá apagar automaticamente os comentários ofensivos, esse trabalho ainda ficará nas mãos do criador do conteúdo, junto com a ferramenta já existente da plataforma que automaticamente remove os comentários para um tipo de “caixa de spam”.

"Desde o início de 2019, aumentamos o número de remoções diárias de comentários de incitação ao ódio em 46 vezes. E, no último trimestre, dos mais de 1,8 milhão de canais que encerramos por violar nossas políticas, mais de 54.000 encerramentos foram por incitação ao ódio. Isso é o maior número de encerramentos por discurso de ódio em um único trimestre e 3 vezes mais do que a alta anterior do segundo trimestre de 2019, quando atualizamos nossa política de discurso de ódio. "
- Afirmou Susan Wojcicki, CEO do Youtube no blog da plataforma.

Mas para ajudar os criadores de conteúdo a filtrar melhor os comentários, o Youtube está melhorando o sistema de filtragem de conteúdo no YouTube Studio. O novo filtro procurará os comentários inadequados ou ofensivos que foram automaticamente sinalizados, retendo esses comentários para revisão e os removendo sem que o criador de conteúdo tenha que lê-los.

Continua após a publicidade

21/10/2020 às 19:15
Vídeo

Entenda a LGPD, NOVA LEI que chega para PROTEGER seus dados

Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais descreve como empresas devem lidar com suas informações

Essas novas ferramentas estão chegando primeiro para o Youtube em inglês, a plataforma não informou quando chegará a usuários de outros idiomas. 

O plataforma também vai realizar uma ação para avaliar o preconceito em seus recursos de monetização. Para isso o Youtube pedirá que os criadores de conteúdo respondam uma pesquisa voluntária de gênero, orientação sexual, raça e etnia para investigar se há discriminação em seus sistemas.

A empresa ainda afirmou que não tem dados sobre de quais comunidades os vídeos postados pertencem. Essa é uma autocrítica necessária na plataforma, principalmente após diversos criadores LGBTQ terem afirmado consistentemente que os sistemas do YouTube automaticamente desmonetizam seu conteúdo ou ocultam seus vídeos.

Isso também servirá para a plataforma encontrar "possíveis padrões de ódio, assédio e discriminação que podem afetar algumas comunidades mais do que outras". O Youtube afirmou que, caso encontre irregularidades em seus sistemas, irá corrigi-los e manter os usuários sempre informados sobre seu progresso.

Via: The Verge, Neo Win Fonte: Youtube
User img

Willian Vieira

Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Samsung GALAXY S21, S21 PLUS e S21 ULTRA lançados: confira os PRINCIPAIS DESTAQUES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.